Pilates: benefícios e para quem é recomendado

Pilate
Photo by Maddi Bazzocco on Unsplash

Pilates é o segundo nome da prática de exercícios batizado como contrologia.

O pilates começou a ganhar força no cenário brasileiro nos últimos anos, mostrando que o mercado realmente precisava de uma nova opção de exercícios.

Como resultado, a prática tem garantido uma série de benefício e pode ser praticado por diversos grupos diferentes de pessoas.

Então, se você está na dúvida, saiba agora porque deveria aderir a prática ou mesmo se você pode fazer.

Preparada?

Pilates – O que é e para quem é recomendado

Pilates é o segundo nome da prática de exercícios batizado como contrologia.

Esse primeiro nome resumo bem do que se trata: uma série de movimentos que tem como foco melhorar o controle sobre o corpo bem como a flexibilidade.

Seguindo essa linha, as atividades estão ligadas ao desenvolvimento da força física e tônus muscular, capaz de causar uma série de benefícios que você vai conhecer logo mais.

Ao longo da história, a prática se tornou uma das mais populares, principalmente entre mulheres e idosos ou para indivíduos que buscam a reabilitação física.

Além do mais, o pilates é uma atividade adaptável, o que facilita que o profissional e clientes flexionem as atividades de acordo com a necessidade. Garantindo segurança, bem-estar e resultados.

Para quem é indicado

A recomendação médica é sempre procurar auxílio de um profissional da saúde antes de incluir qualquer tipo de atividade na rotina.

Incialmente, essa dica serve para observar melhor o seu corpo, prever e evitar lesões ou mesmo para garantir que nada está errado.

De qualquer maneira, a série de exercícios pode ser praticada por, praticamente, qualquer indivíduo. Desde que adaptada as suas necessidades.

Por exemplo, se você busca aumento da flexibilidade, vai fazer uma série diferente daqueles que estão em busca de reabilitação de algum membro.

A grande vantagem, devido a essa adaptabilidade, é que crianças, gestantes e idosos podem fazer pilates tanto quanto pessoas sedentárias, com lesões ou aqueles que precisam de fisioterapia.

Por outro lado, a regra é clara: se você tem contusões, dores, passou por cirurgias ou outras condições médicas, converse com o profissional da saúde antes de começar.

5 benefícios do Pilates

Seguindo a recomendação médica de incluir atividades na sua vida e optando pelo pilates, você pode garantir os seguintes benefícios:

Melhora na concentração:

Um dos principais benefícios que os exercícios de pilates podem proporcionar desde a primeira aula é a melhora na concentração.

Isso ocorre porque você precisa estar atento a realização de cada uma das atividades, prestando total atenção aos movimentos.

Como resultado, você melhora a sua capacidade de focar em algo específico, reduzindo a chance de que distrações o impeçam de atuar.

Ainda que isso seja direcionado nas aulas, o resultado é visível em outras partes da rotina, transacionando o benefício da sala para a vida.

Controle corporal:

O músculo do corpo, seja ele qual for, precisa ser tonificado para que você tenha maior controle sobre aquilo que faz com o corpo.

Pensando nisso, a prática regular do pilates atua diretamente na tonicidade do músculo, deixando-os mais firmes e definidos.

Dessa maneira, você aprende a ter mais controle sobre o próprio corpo, o que pode reduzir lesões, causadas por tombos, e até melhorar a prática de outras atividades.

Vale dizer ainda que essa melhora na tonicidade auxilia no contorno, fazendo com que, visivelmente, você fique mais curvilínea.

Atua na postura:

Caso você ainda não saiba, o pilates é uma das atividades físicas mais recomendas para pacientes com dores e problemas na coluna, como escoliose.

Em suma, a chamada contrologia exerce uma pressão positiva na coluna, melhorando a sua postura desde a primeira aula.

Com o passar do tempo, você consegue notar a redução de dores e desconfortos bem como o alinhamento das costas.

Esse alinhamento serve tanto para fortalecer músculo da região posterior como para auxiliar na recuperação de procedimentos médicos.

Justamente por isso, o pilates é muito indicado para pacientes com dores crônicas nas costas, problemas na coluna e para acelerar a recuperação de cirurgias.

Ideal para gestantes:

Durante a gestação, a mulher sofre uma série de complicações que podem impactar na qualidade de vida e na saúde, como:

  • Inchaço corporal;
  • Ganho de peso;
  • Dores nas costas;
  • Dificuldades para locomoção;
  • Problemas para dormir, entre outros.

Devido a condição, muitas práticas físicas precisam ser reduzidas, para proteger a criança e evitar o excesso, como pode ocorrer com a musculação.

Com isso, o pilates é uma atividade que pode ser adaptada para que essas mulheres se sintam mais confortáveis e eliminem cada uma das problemáticas apontadas acima.

Vale ressaltar ainda que o pilates pode auxiliar mulheres que buscam o parto natural ou humanizado, já que melhora o tônus muscular e a concentração.

Melhora a capacidade respiratória:

Respirar é um ato involuntário, não há como negar.

Porém, muitas pessoas têm dificuldade para manter a respiração regular, para controlar diante de uma crise de ansiedade ou mesmo para dormir, por exemplo, o que pode reduzir o bem-estar.

Através dos exercícios do pilates, você consegue realmente prestar atenção na sua respiração e melhorar a fluidez para momentos mais difíceis. Isso acontece porque a ação é sincronizada com o movimento do músculo, enfatizando o ato de inspirar e expirar.

Em outras palavras, você aprende a respirar melhor.

Com esse propósito, muitas pessoas começam a fazer o pilates como recomendação médica para melhorar o sono ou mesmo para aprender a lidar com a ansiedade e estresse no dia-a-dia.

Do mesmo modo, é possível melhorar o sono, o que faz com que você tenha noites mais tranquilas e evite a exaustão.

É importante ressaltar que os benefícios dessa prática incluem não apenas o corpo, mas também a mente. Causando a melhora no processo de pensar, manter a calma ou mesmo aprender com maior facilidade.

Conclusão

O pilates é uma atividade que pode ser indicada para qualquer pessoa, preferencialmente sob recomendação médica.

Devido aos exercícios de fácil adaptação, você respira melhor, tem mais qualidade de vida, melhora a contração e garante muitas outras vantagens.

Então, ainda ficou na dúvida? Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar e não se esqueça de compartilhar esse conteúdo.

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome