Canelone de Peito de Peru com Catupiry

A massa é paixão nacional. Seja espaguete, parafuso ou lasanha, esta delícia está sempre na mesa do brasileiro.

Hoje eu trago a vocês uma receita de massa recheada, o canelone de peito de peru com catupiry simples e prático de fazer. Seu sabor é deliciosamente fantástico!

By Chef Carine Domingueti,

Ingredientes:

Para a massa
600 gramas farinha de trigo
300 gramas ovos
Sal grosso

Para o molho ao sugo
2 kg de tomate
2 unidade cebolas
3 dentes de alho
Azeite a gosto
Sal a gosto
Pimenta a gosto

Para o molho bechamel
70 gramas farinha de trigo
70 gramas manteiga
600 ml leite
Sal a gosto
Noz moscada a gosto

Para o recheio
600 gramas peito de peru fatiado
600 gramas queijo catupiry

Modo de preparo:
Molho

Retire o “olho” do tomate. Bata no liquidificador com água e coe. Refogue a cebola e o alho no azeite. Acrescente o tomate coado e deixe ferver até engrossar. Tempere com o sal e pimenta a gosto. Reserve.

Para o molho bechamel. Derreta a manteiga e aos poucos misture a farinha de trigo, deixando formar um creminho levemente dourado. A seguir coloque o leite aos poucos e mexa até engrossar. Lembre-se que este molho é bem grosso comparado a outros. Acrescente os temperos e está pronto. Cozinhe sempre em fogo baixo e uma boa dica e utilizar o fouet (batedor) para misturar os ingredientes. Reserve.

Massa
Em uma tigela a farinha e os ovos e sove a massa até que fique lisa e homogenia. Abre com o rolo o mais fino que conseguir e corte a massa em retângulos. Em uma panela grande ferva água com o sal grosso. Cozinhe a massa a água fervente por poucos minutos. Esse processo é rápido pois a massa acabou de ser feita. Massa fresca cozinha em menos de 3 minutos. Cuidado para não cozinhar mais que o necessário.

Montagem
Coloque as massas na tábua depois de escorrer a água. Acrescente uma fatia de peito de peru e cubra com o queijo catupiry. Enrole no formato de canelone. Repita esse processo até que acabe as massas. Em um pirex unte o fundo com um pouco do molho ao sugo. Coloque os canelones e cubra com o restante do molho ao sugo.  Acrescente o molho bechamel a gosto por cima e cubra com queijo parmesão. Leve ao forno 200°C por 20 minutos ao até que o molho ferva.

Dica da Chef Carine: cubra o canelone totalmente com molho, para que ele não resseque no forno.

Curiosidade: Você conhece a história do macarrão?

Massa paixão nacional que os imigrantes italianos trouxeram ao Brasil.

 

Na Itália não existe uma só região que não tenha sua própria teoria sobre a origem da massa. Na Liguria, acredita-se que foram os mercadores genoveses que copiaram a receita dos povos nômades da Mongólia. Os venezianos acreditam que Marco Polo importou a massa da China.

Em Roma afirma-se que os antigos imperadores e senadores já comiam massa. Os sicilianos têm a convicção de que a massa chegou à sua ilha por meio dos gregos ou dos árabes nos tempos medievais. Já os habitantes da Campania acreditam que só os mestres cozinheiros napolitanos poderiam fazer dos seus maccheroni o que a pasta representa hoje para a Itália: uma verdadeira paixão nacional.

Seja como for é certo que existem mais de 300 variedades de massa, constituindo um dos pratos mais apreciados da cozinha italiana.

A combinação da massa com um molho saboroso é, por si só, quase uma ciência. As massas recheadas, como os ravioli, pansotti, cappelletti, rondelli, canelone ou tortellini, que já apresentam sabor acentuado em seu recheio, podem ser servidas simplesmente com um pouco de manteiga com sálvia ou com um molho de tomate leve. No norte da Itália, são geralmente acompanhadas por um molho à base de creme de leite (alla panna). Toda essa história me deixou com água na boca, então vamos a receita!

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome