O dia de Finados representa oração pelos que já morreram

finados

O Dia de Finados ou Dia dos Mortos é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de novembro.

O ato de rezar pelos mortos vem do século II, quando alguns cristãos rezavam pelos falecidos. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos, que é o Dia de Finados.

No México, o Dia dos Mortos é uma celebração de origem indígena, que honra os falecidos no dia 2 de novembro. Começa no dia 31 de outubro e coincide com as tradições católicas do Dia dos Fiéis Defuntos e o Dia de Todos os Santos.

Além do México, a data também é celebrada em outros países da América Central e em algumas regiões dos Estados Unidos, onde a população mexicana é grande.

Dia dos Mortos no México

As origens da celebração no México são anteriores à chegada dos espanhóis. Há relatos que os astecas, maias, purépechas, náuatles e totonacas praticavam este culto.

É uma das festas mexicanas mais animadas. Dizem que os mortos vêm visitar seus parentes. Ela é festejada com comida, bolos, festa, música e doces preferidos dos mortos. Os preferidos das crianças são as caveirinhas de açúcar.

Segundo a crença popular, nos dias 1 e 2, chamados de Días de Muertos, os mortos têm permissão divina para visitar parentes e amigos.

Por isso, as pessoas enfeitam suas casas com flores, velas e incensos, e preparam as comidas preferidas dos que já partiram. As pessoas fazem máscaras de caveira, vestem roupas com esqueletos pintados ou se fantasiam de morte.


 

Curta o Varginha Digital no Facebook e acompanhe as notícias também pelo Instagram. Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome