Gonçalves: a pérola da Mantiqueira

O turismo de Gonçalves é de natureza e o Varginha Digital apresenta um pouco deste paraíso para encher seus olhos.

Imagine uma cidadezinha com um pouco mais de 4 mil habitantes e muita beleza natural. Está é Gonçalves.

Então não precisa mais imaginar, e sim já programar seu próximo feriado com destino a Gonçalves, a 191 quilômetros de Varginha.

A tranquilidade do interior de Minas e as diversas cachoeiras de águas cristalinas, rios e picos que chegam até 2.100 metros de altitude, fazem desta a charmosa cidadezinha um destino certo para quem quer se desligar do mundo.

 Observar aves, caminhar, pedalar ou andar a cavalo, subir pedras ou sair para um passeio de carro por estradas de terra são algumas das atividades que os turistas podem fazer.

Parque Ecológico Ecopia

Localizado no Bairro dos Onças, a 4 quilômetros de Gonçalves, o Parque Ecológico Ecopia é um santuário natural.

No parque é possível usufruir de diversas atividades ao ar livre, como trilhas, a pescaria de truta, apreciação de maravilhosos jardins, e muito mais.

Pedra Chanfrada

Com uma vista incrível é uma imponente formação rochosa. A Pedra Chanfrada tem quase 100 metros de altura e se localiza a uma altitude de 1650 m.

Fica no Bairro da Terra Fria, a aproximadamente 10 quilômetros do centro de Gonçalves.

Para chegar, vá em direção aos bairros São Sebastião e Terra Fria, seguindo as indicações do Restaurante Pé da Pedra, e estacione no restaurante. O restaurante é o ponto de partida da trilha que leva ao cume da Pedra Chanfrada.

O tempo de caminhada para chegar ao topo varia de 30 a 50 minutos de subida. O esforço vale a pena, pois a vista é fantástica.

Pedra Bonita

A Pedra Bonita é o ponto mais alto de Gonçalves onde você pode contemplar uma linda vista panorâmica com 360°.

Pedra São Domingos

O Pico de São Domingos está localizado no município vizinho, Córrego do Bom Jesus, e fica a aproximadamente 20 quilômetros do centro de Gonçalves.

A vista é deslumbrante e proporciona 360° de vista. Em dias ensolarados é possível ver várias cidades do Sul de Minas Gerais e até mesmo a Rodovia Fernão Dias.

O acesso pode ser feito tanto por trilha (12 quilômetros até o começo da trilha e mais 7 quilômetros pela trilha) ou de carro até o topo com 22 quilômetros de distância.

No local existe uma pequena capela e muitas antenas de transmissão.

Pedra do Forno

Localizada a 12 quilômetros de Gonçalves, a Pedra do Forno é um dos pontos com maior altitude de Gonçalves. Com cerca de 1970 metros, o local é muito procurado por suas trilhas e vias de escalada em rocha.

Para chegar na Pedro do Forno é preciso pegar a estrada de terra em direção aos bairros São Sebastião e Terra Fria. A dica é seguir as indicações do Restaurante Zé do Ovídeo, que é o ponto de partida da trilha que leva ao cume da Pedra do Forno.

A trilha de 2 quilômetros passa por algumas nascentes e bosques e exige bastante preparo físico, pois tem alguns trechos bastante íngremes. Para quem chega ao topo, a recompensa é um lindo visual de 360° de toda região.

Pedra do Cruzeiro

A Pedra do Cruzeiro é considerada o cartão de visitas do município. Fica ao lado da principal estrada de acesso a Gonçalves.

A caminhada até o topo é bem tranquila. Na chegada ao topo, o turista pode ver toda a região da parte baixa de Gonçalves. No alto da Pedra do Cruzeiro, a 1.152 metros de altitude, existe uma pequena capela.

A Pedra do Cruzeiro fica a 5 quilômetros de Gonçalves. Para chegar é preciso seguir pela estrada asfaltada em direção a Paraisópolis ou São Bento do Sapucaí.  A formação está à direita de quem parte do Centro de Gonçalves. A Pedra do Cruzeiro pode ser vista já do portal.

Foto: Amandina Morbeck.

Pedra do Barnabé ou Pedra da Pirâmide

Localizado a 7 quilômetros de Gonçalves, o Pico do Barnabé é formado por dois picos. A Pedra do Barnabé tem formato semelhante a de uma pirâmide. O local é rodeado por lindos bosques de araucária e pinheiros.

Não existe trilha definida para chegar até o topo das montanhas, por isso a ajuda de um guia que conheça o local é fundamental.

Pedra do Grotão

A Pedra do Grotão está localizada bem próxima ao centro de Gonçalves, e seu acesso é feito apenas com a companhia de um guia que além de conhecer a trilha tenha autorização para visitar o local.

Falésia da Vista Aérea

Principal falésia usada para prática da escalada em rocha da região, a Vista Aérea fica na divisa com os municípios de São Bento do Sapucaí – SP e Paraisópolis – MG.

O local possui inúmeras vias de escalda esportiva com graduações variadas.  A falésia fica próximo à rodovia, no lado oposto de Gonçalves.

No local existem também muitos blocos rochosos, ideais para a prática do Boulder.

Pedra Bonita

A Pedra Bonita está localizada na divisa com a cidade de Sapucaí Mirim. O local tem uma das maiores altitudes de toda região e também oferece uma linda vista panorâmica de 360°. O acesso é feito pelo Bairro do Campestre.

Cachoeira do Cruzeiro

Depois de percorrer uma bela várzea, fazendo curvas acentuadas, o rio Capivari cai por uma grande laje de pedra inclinada a cerca de 40º, desaguando numa piscina natural. É um local de grande luminosidade e beleza. A queda tem cerca de 7m de altura.

O acesso é pela estrada de ligação Gonçalves / Costas até a bifurcação para o Bairro Sertão do Cantagalo.

Cachoeira do Simão

É uma bela queda do Ribeirão Campestre, com cerca de 7m de altura em dois seguimentos. Deságua em uma larga piscina que recebe, à direita, as águas de outro córrego.

Em seguida, as águas esculpem um estreito “canion” de pedras verticais, passando sob uma ponte e seguindo mais largo e manso sob um sombreado túnel formado por grandes árvores da mata ciliar.

Fica no bairro Boa Vista e o acesso é pela estrada Gonçalves / Venâncios.

Foto: Amandina Morbeck

Cachoeira das 7 Quedas

Localizada no bairro Retiro, seu acesso é pela estrada sentido Gonçalves/São Sebastião das Três Orelhas. Segue-se por 1,5 quilômetros até uma pousada onde se inicia a trilha de fácil acesso até às quedas d’água.

Um dos atrativos mais visitados do município, possui várias quedas que formam muitas piscinas naturais. Encontra-se em propriedade particular, aberta à visitação apenas aos sábados, domingos e feriados, e cobra-se uma taxa.

Cachoeira das Andorinhas

No rio Capivari, em meio a uma densa mata ciliar, esconde-se a Cachoeira das Andorinhas. São dois saltos principais, o primeiro com cerca de 7m de altura e o segundo com 10m, formando piscinas naturais. Há uma grande laje de pedra com curiosos buracos redondos e profundos, modelados pela água, além de uma pequena ilha com grandes árvores.

O aceso é pela estrada de ligação Gonçalves / Martins.

Cachoeira do Funil

A Cachoeira do Funil é uma das mais famosas e fica localizada a 6 quilômetros da zona urbana de Gonçalves. O acesso pode ser feito pela rodovia MG 173 até a entrada do Bairro Atrás da Pedra.

Cachoeira dos Henriques

Seu acesso é pela estrada que liga o centro da cidade ao bairro dos Martins.
Está a 9 quilômetros da zona urbana de Gonçalves e a trilha é de fácil acesso, estando próxima à estrada. São várias quedas que formam uma piscina natural onde é possível se banhar.

 

Como chegar:

De São Paulo
São Paulo – Gonçalves – Fernão Dias – 183 quilômetros
São Paulo – Gonçalves – Carvalho Pinto – 211 quilômetros
São Paulo – Gonçalves – Via Dutra – 211 quilômetros

Do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro – Gonçalves – Via Dutra – 375 quilômetros

De Belo Horizonte
Belo Horizonte – Gonçalves – Via Dutra – 459 quilômetros

Cidades próximas:
Campinas – 180 quilômetros
Pouso Alegre – 80 quilômetros
Campos do Jordão – 63 quilômetros
São Bento do Sapucaí – 23 quilômetros
São José Campos – 100 quilômetros
Itajubá – 80 quilômetros
Monte Verde – 60 quilômetros
Paraisópolis – 23 quilômetros

Comente e Compartilhe.

Veja mais notícias de Turismo.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome