Covid-19: Mais de 1,6 milhão de mineiros não voltaram para tomar segunda dose

Publicidade

As duas doses da vacina contra a Covid-19 são fundamentais para garantir a imunidade, especialmente frente a novas mutações, como a delta e a mu.

A vacinação contra a Covid-19 está bem avançada em Minas Gerais, mas uma informação é preocupantes: mais de 1,64 milhão de mineiros não voltaram ao posto de saúde na data prevista para tomar a segunda dose de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer. As informações são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

Completar o esquema vacinal permanece um desafio para todos os Estados. As duas doses são fundamentais para garantir a imunidade da população, especialmente frente a novas mutações, como a delta e a mu. Em Minas, até o momento, foram detectados 415 casos de variante delta e sete da cepa encontrada primeiramente na Colômbia.

Os dados podem ser distorcidos pela demora na atualização ou no lançamento de dados pelos municípios, mas ainda sim o dado é bastante relevante.

“Importante enfatizar que a inserção de dados não ocorre na mesma velocidade da vacinação, ou seja, os dados ainda podem ser notificados e lançados”, frisa a SES. Até o momento, segundo o Vacinômetro da SES, 36,97% da população total do Estado está completamente imunizada com duas doses ou com a vacina da Janssen.

Publicidade

A SES-MG afirmou que recomenda às equipes de saúde das secretarias municipais o trabalho de busca ativa de faltosos na vacinação, especialmente pela Atenção Primária, por meio dos Agentes Comunitários de Saúde, que realizam um contato direto com cada pessoa vacinada.


Veja também

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Siga-nos no Google News

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui