Campanha “Então, previna-se” foca no uso do preservativo no carnaval

O foco da campanha são os jovens.

A Secretaria de Saúde de MG lançou a campanha “Então, previna-se”, para lembrar da importância do uso do preservativo para a prevenção contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

A campanha contempla ações nas redes sociais e aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, para incentivar o uso do preservativo no período do carnaval.

As ações têm como público principal a população jovem. Este grupo apresenta um grande aumento no número de casos de infecções transmitidas por relações sexuais.

Somente em 2018, do total de 4.788 casos registrados de HIV/Aids em Minas Gerais, foram registradas 3.875 notificações em jovem com faixa etária de 20 a 49 anos.

Entre os fatores que levam ao aumento do número de ISTs estão:

  • baixa idade das primeiras relações sexuais
  • variabilidade de parceiros
  • falta de prevenção
  • uso de drogas lícitas e ilícitas.

“A camisinha é o melhor método de prevenção e não somente para o HIV, como para as outras ISTs. Por isso, além dos preservativos enviados regularmente aos municípios, distribuímos um quantitativo adicional de cerca de sete milhões de unidades de camisinhas masculinas, para abranger esse período do feriado prolongado”, informa Mayara Marques de Almeida, coordenadora de Infecções Sexualmente Transmissíveis/Aids e Hepatites Virais da SES, Mayara Marques de Almeida.

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome