Maria da Penha: confira a entrevista concedida pela candidata para o Varginha Digital

As perguntas foram formuladas de acordo com o plano de governo de cada candidato.

entrevista maria da penha

Entrevista com a candidata Maria da Penha.

Dentro da cobertura das Eleições Municipais 2020 o Varginha Digital convidou os sete candidatos a prefeito de Varginha para uma rodada de entrevistas e todos aceitaram participar. Por ordem de sorteio, comunicada a todos os candidatos, a primeira entrevista é com a candidata Maria da Penha (PSOL).

As perguntas foram baseadas em seu plano de governo e levando em consideração às necessidades da população, bem como os pontos deficientes em diversas áreas da cidade, que causam muita insatisfação aos varginhenses.

Confira as perguntas e as respostas na íntegra:

No seu plano de governo a senhora diz que quer aperfeiçoar o parque empresarial, com políticas municipais de atração, incentivo e fortalecimento das empresas. Como seria esse trabalho?

Queremos fortalecer as empresas locais através de incentivos às pequenas e médias, como oferecimento de espaço no parque industrial.

Uma de suas propostas é manter o ensino fundamental II na rede municipal. Por que acha isso importante?

O Fundamental II é o ensino de 6º ao 9º anos. A legislação permite parceria entre Estado e Município para o oferecimento dessa etapa de ensino. O que a Prefeitura fez nas últimas administrações foi fechar essas escolas sem nenhuma consulta à comunidade. Os discentes foram transferidos para bairros distantes. Nós vamos anular essa política e manter as escolas de Fundamental II em funcionamento.

Em seu plano de governo a senhora afirma que foco na área da saúde será a implementação de ações fundadas nos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). Como isso funcionaria na prática?

Vamos garantir o princípio da universalidade e da equidade. Todos são iguais perante o SUS. Vamos trabalhar a saúde preventiva com foco no Programa Saúde da Família.

A senhora propõe a criação de centros culturais nos bairros, com bibliotecas e espaços de inclusão educacional e cultural às crianças e à comunidade. Como a senhora pretende executar esta proposta?

Vamos fazer parcerias com os Conselhos de Bairros, utilizando os prédios públicos, garantir verbas, valorizar os artistas dos bairros e garantir pessoal de apoio. A cultura dos bairros precisa ser valorizada.

Na área de esporte a senhora pretende, se for eleita, incentivar os talentos locais. Como seria este incentivo?

Vamos promover os campeonatos amadores dos bairros, utilizar as quadras e os campos públicos, dar suporte de profissionais. Esporte é prevenção da vida e da saúde.

Como o Conselho Municipal de Segurança, proposto no seu plano de governo, atuará para democratizar o acesso à justiça?

Vamos promover políticas públicas de segurança que favoreça o avanço da democratização do acesso à justiça como fortalecimento do Conselho Tutelar e da Delegacia da Mulher.

A senhora tem algum plano para as obras que estão paradas em Varginha, como o Hospital Infantil e o Memorial do ET?

Obras paradas significam desrespeito ao bem público. Vamos promover uma auditoria interna do andamento dessas obras e trabalhar para  a continuidade das mesmas.

Uma de suas propostas é a criação de Conselho Regional de Preservação da Água e Destinação dos Resíduos Sólidos, como este órgão funcionaria na prática?

A preservação das nascentes e dos rios é responsabilidade e pauta urgente. Vamos incentivar a preservação das nascentes dentro do Município. Promover a educação ambiental formal e informal. Liderar a formação de um Comitê de preservação do Rio Verde em parceria com outros Municípios. Sem água potável não há vida saudável.

Como funcionarão na prática as ações para as pessoas de baixa renda?

A atenção aos bairros será nossa marca. Vamos promover políticas públicas de inclusão social. Promover um IPTU mais solidário. Garantir os serviços básicos de saúde, educação e segurança em todos os bairros.

Como funcionaria a “Política Pública para a Habitação”, proposta no seu plano de governo?

Vamos promover uma ampla discussão para rever a escolha de localização de novos bairros. Reformular o Conselho Municipal de Habitação.  Maior transparência na distribuição das casas. Acompanhar a execução dos projetos habitacionais e fiscalizar o uso dessas casas.

Avaliar a possibilidade de mutirão da casa  própria com famílias de até três salários mínimos.

A senhora acha que o combate ao coronavírus e as medidas de prevenção ao Covid-19 em Varginha tem sido eficientes? O que faria diferente?

Não podemos brincar com a vida. Várias famílias perderam entes queridos. Portanto, o combate não foi eficiente. Embora aconteceu a escuta das autoridades de saúde, acredito que daria mais transparência ao processo. Daria mais prioridade à vida do que ao lucro.

A senhora tem propostas para os eleitores da comunidade  LGBTI+. Existe algum projeto que trata de discriminação, homofobia e geração de emprego para estes eleitores?

O PSOL é o partido da diversidade. A comunidade LGBTI+ tem espaço garantido em nossas lutas. Vamos promover o diálogo, a educação para o respeito á diversidade e elaborar políticas de inclusão social para os membros dessa comunidade que passam pelo desemprego e  preconceito . Defesa da diversidade é avanço democrático.

A reforma do centro comercial gerou muita polêmica, principalmente pelo fato das obras entregues não terem seguido o proposto originalmente, qual é a sua opinião sobre o assunto?

O comércio local é grande fonte de geração de emprego e renda. Os pequenos e médios estabelecimentos comerciais precisam de incentivos. A revitalização do centro comercial deve continuar. O que faremos é promover uma ampla consulta popular para dar continuidade ao projeto.

Qual é a sua proposta para a linha férrea? A senhora vê a possibilidade da reativação dos trens ou a criação de ciclovias?

A política de mobilidade urbana deve priorizar o ser humano e não as máquinas. A política de reativação dos trens é ação de maior responsabilidade da esfera federal. Vamos planejar espaços de lazer, saúde e ciclovias nas linhas férreas com a participação das comunidades. O que não pode é continuar com o abandono. A Ferrovia mudou a História de Varginha. Faz parte de nosso Patrimônio Histórico.

Um ponto fraco do nosso município, é o turismo. Podemos notar que há pouco investimento em atrativos para visitas à cidade. Qual seu plano para essa área? Existe algum plano para a exploração do “ET de Varginha”?

O turismo é uma atividade que cresce na geração de emprego e renda. Até mesmo por ser uma área que atende a população da terceira idade  que cresce no Brasil. Vamos identificar, cadastrar e divulgar as potencialidades turísticas do meio urbano e rural. Avaliar a viabilidade de exploração do caso “Et de Varginha.”

A senhora tem alguma proposta para viabilizar o uso do prédio do Cine Rio Branco?

O prédio do Cine Rio Branco marca a História Cultural de Varginha. Através de uma política responsabilidade, vamos buscar um amplo diálogo com a família proprietária e encontrar uma saída que honre o passado histórico desse estabelecimento que tanto promoveu a Cultura no Município.

Existe alguma proposta para tornar Varginha um polo tecnológico investindo, por exemplo, no conceito “Cidades Inteligentes”?

Varginha precisa valorizar os centros de produção de conhecimento local e regional. Vamos promover de forma responsável parceria com instituições de pesquisas, principalmente com as públicas, para planejarmos Varginha para os próximos 50 anos. Precisamos de novas tecnologias nas áreas industrial, agrícola e de comunicação. Por outro lado, sem desvalorizar o desenvolvimento sustentável.

Sobre as secretarias do seu governo, caso eleita, quais manterá e quais criará?

Não pensamos em reduzir secretarias. O que propomos é a criação da Secretaria das Mulheres. Vamos garantir a paridade de homens e mulheres no secretariado e valorizar os servidores de carreira no exercício desses cargos. Queremos romper com a política de cargos públicos que tantos males causam na gestão pública municipal.

Como será o processo de escolha para quem vai integrar seu gabinete, secretários e cargos de confiança? Já tem definição dos nomes? Se sim, quais serão? Quais são os critérios que o senhor pretende utilizar para fazer as nomeações?

Nossa administração terá a marca da horizontalidade. Temos quadros militantes do PSOL. Somos conhecidos pela competência e dedicação no exercício dos cargos público. Por outro lado, vamos formar nosso secretariado valorizando a sensibilidade feminina. Temos a única  candidata mulher. Vamos garantir a paridade homem e mulher no secretariado. Vamos valorizar os servidores de carreira. O que não faremos é barganha política e nem cooptação do Legislativo. Precisamos ter a responsabilidade, pois é essa mudança que a população tanto pede dos políticos.

O transporte coletivo é uma das principais reclamações dos varginhenses. A atual empresa ganhou, em dezembro de 2018 a licitação para atuar nos próximos 15 anos. Como o senhor pretende resolver a situação, caso seja eleito?

Nós usamos transporte coletivo e somos testemunha de que a população tem razão nessa demanda. Precisamos humanizar o transporte público de Varginha. Isso não faremos com obras no centro. Precisamos ir aos bairros com o replanejamento dos pontos de embarque e desembarque; respeito aos horários, mais linhas, mais conforto. Vamos promover um estudo para melhor atendimento de transporte público em certos estabelecimentos públicos como hospitais. Vamos promover uma política de mais respeito aos usuários do que ao lucro.

Seu plano de governo tem 12 páginas, acha que conseguiu sintetizar tudo o que a cidade precisa nos próximos 4 anos?

Nosso plano de governo é baseado no tripé: valorização do trabalho, promoção do bem viver e uma participação direta na administração. Somos o único que priorizou essas questões. Nossa gestão trabalhará  sempre o aperfeiçoamento da execução através da participação popular. Nosso plano em 12 páginas trabalha para que a população tenha vez e voz. Varginha perde liderança  a cada dia, pois paga um preço de não abertura ao dialogo com todos os segmentos da comunidade.

A senhora ainda não exerceu nenhum cargo político. Acha que a falta de experiência pode fazer o eleitor varginhense questionar sua capacidade de governar?

Política nasceu nas praças. Foi deformada pelos gabinetes. Minha experiência política vem dos movimentos sociais. Faço política social por mais de três décadas. É essa experiência que me deu maturidade. É essa experiência que a população pede e que Varginha precisa para voltar a caminhar. Estamos numa eleição para prefeito e não para rei. Democracia precisa de rotatividade de projetos para aperfeiçoar. Precisamos de uma gestão voltada aos bairros e com a sensibilidade. A administração feita por mulher responde com mais eficiência às demandas do novo tempo.

Quais razões levaram você a colocar seu nome à disposição para o cargo de prefeita  de Varginha?

Sou uma servidora pública federal aposentada. Com educação e trabalho considero uma vitoriosa. Tenho minha estabilidade financeira. Posso agora retribuir à cidade por aquilo que a mim foi proporcionado. Tenho a maturidade da militância por várias décadas e deixo minhas propostas para a avaliação da população. Representamos uma mudança com maturidade, respeito e compromisso pela maior igualdade de direitos entre os varginhenses.  Esse é o Projeto de Maria da Penha e do PSOL.

Considerações finais

Agradecemos de forma muito respeitosa ao espaço concedido por este órgão de imprensa. Agradecemos ao carinho que os bairros demonstram em nossa caminhada. Acreditamos que podemos, junto com a participação popular, fazer a mudança que Varginha merece e precisa. Um abraço a todos e todas.

Veja aqui o perfil e as propostas da candidata Maria da Penha

# entrevista maria da penha

Veja mais notícias sobre as Eleições 2020 aqui

Veja as propostas dos candidatos a Prefeito de Varginha aqui

Acompanhe a Agenda dos Candidatos à Prefeitura de Varginha

As Eleições 2020 acontecem no dia 15 de novembro.


whatsapp varginha digital noticias

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores
logo varginha digital

Varginha Digital
Notícias de Varginha e região direto no seu celular.
Informação com credibilidade, Varginha em um clique!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome