Inflação em Varginha: fevereiro registrou alta de 2,06%

Publicidade

O conflito entre Rússia e Ucrânia lança uma série de incertezas sobre como será o comportamento da inflação.

Varginha registrou alta de 2,06% na inflação em fevereiro comparado com o mês anterior. Esta é a segunda maior alta desde o início da pesquisa em julho de 2021. As informações são do IMPC (Índice Municipal de Preços ao Consumidor), calculado pelo Departamento de Pesquisa do Grupo Unis

O cálculo considera os gastos de alimentação, habitação, transporte, educação e comunicação.

Pelo segundo mês consecutivo a educação puxou a inflação para cima, com alta média de 10,62% em virtude ainda dos reajustes que ocorreram nas mensalidades escolares e materiais de apoio no início deste ano.

Já a alimentação apresentou alta de 2,26%. Os destaques de alta foram do tomate, ovos, leite integral e óleo de soja. As principais quedas nos preços médios ocorreram com a batata, pão francês e carne suína.

Publicidade

No quesito habitação também foi registrada 0,78% de alta, impulsionada por itens de higiene pessoal e limpeza em geral da residência. Já a energia elétrica apresentou leve queda de -0,82%.

Quando falamos de transporte houve queda de -1,43%, ocasionada principalmente pela diminuição nos preços médios do etanol. Porém, para o mês de março há fortes perspectivas de correção nos preços dos combustíveis devido aos impactos do conflito entre Rússia e Ucrânia.

O grupo comunicação manteve-se estável no mês de fevereiro.

A segunda pesquisa de 2022 sobre a inflação geral de Varginha continua demonstrando um cenário em que prevalece a alta nos preços e forte impacto para o consumidor.

O conflito entre Rússia e Ucrânia lança uma série de incertezas sobre como será o comportamento da inflação neste ano de 2022. Há perspectivas de alta nos preços de alimentos e de combustíveis, além de provável elevação em custos de produção como no caso dos fertilizantes.

O relatório Focus do Banco Central já revisou para cima as previsões do IPCA e do IGP-M para este ano. Tudo dependerá do tempo que se estender este conflito, bem como dos impactos das sanções econômicas estabelecidas. Emerge assim a necessidade de ações das políticas econômicas que permitam minimizar essas influências e impactos na economia brasileira.

A pesquisa completa pode ser acessada neste link. clicando aqui.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Siga o Varginha Digital no

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui