Reunião com empresários, médicos e Polícia Militar debate a reabertura do comércio em Varginha

comércio de varginha fechado
Foto: Varginha Digital

O prazo para fechamento do comércio, determinado pelo Decreto Municipal, termina neste sábado, 4.

Uma reunião, na manhã desta quinta-feira, 2, reuniu as diretorias da ACIV e SINDCOMERCIÁRIOS com representantes da Polícia Militar e empresários, para debater a reabertura do comércio, com o fim do Decreto Municipal, neste sábado, 4.

A Prefeitura Municipal de Varginha ainda não divulgou se irá ou não prorrogar o decreto.

A principal questão levantada é que o comércio foi fechado, mas as pessoas não ficaram em casa em quarentena, ao contrário, continuam se aglomerando em supermercados, ruas, praças e alto da CEMIG.

“Esse vírus por acaso só pega no comércio? Os supermercados estão lotados e ninguém fala nada”, questionou Fernanda David, da loja Havaianas.

Durante a reunião foi abordado também a questão da vendas delivery, que geram alto custo para o comerciante que não trabalhava com esta opção de venda. “No meu caso não é tão simples assim, é preciso embalagem apropriada para transporte do produto além do custo do transporte, se meu produto custa R$4,00 e o motoboy custa R$5,00, quem vai querer pagar R$9,00 em uma coxinha, por exemplo”,  afirma Marcelo Ribeiro, da Lanchonete Recreio.

“A ACIV se posiciona a favor do comércio, mas quem tem o poder de abrir ou não abrir é o prefeito, que tem um olhar mais geral sobre a administração, não podemos agir dentro da ilegalidade, podemos pressionar, pedir e sugerir e essa reunião de hoje é para isso, levar ao poder público a situação de empresários e empregados do comércio, mas não é uma situação fácil”, disse Anderson de Souza Martins, presidente da ACIV.

O que dizem os médicos

O presidente da Associação Médica, Dr. Adrian Nogueira, participou da reunião através de vídeo conferência e disse que o grupo na qual ele representa está seguindo a orientação da Organização Mundial de Saúde – OMS.

“O comércio de Varginha está de parabéns, vocês estão fazendo a parte de vocês. Entendo o prejuízo que vocês estão tendo, assim como eu, pois não estou tendo pacientes, mas reabrir o comércio agora pode trazer pessoas de outras cidades que podem estar infectadas, assim como foi o caso de Boa Esperança”, destacou o médico.

Dr. Adrian destacou ainda que o decreto termina neste sábado, dia 4 e caso o comércio abra, é preciso fazer de maneira organizada e usando o bom senso.

Fiscalização

Verificar se o comércio está seguindo as determinações do Decreto Municipal é de responsabilidade do setor de fiscalização da prefeitura. “A PM está garantindo poder de polícia da prefeitura e estamos orientando aqueles que estão abertos de forma irregular”, disse a Capitã Bianca, comandante da 55ª Cia da Polícia Militar.

A comandante lembrou ainda que caso o comércio reabra, é importante que tenha um esclarecimento sobre o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

O presidente da ACIV encerrou a reunião destacando a importância de união neste momento. “O momento é de união, entretanto sabemos que o prolongamento do fechamento do comércio pode trazer mais malefícios do que o próprio vírus. Nós defendemos a vida e o comércio traz a vida, visto que é um instrumento de paz social, que leva dignidade às famílias. O que os comerciantes querem é poder abrir suas empresas, seguindo as regras que forem estipuladas e trabalhar”, finalizou.

Com informações Aciv

Curta o Varginha Digital no Facebook e fique por dentro das melhores notícias de Varginha e Região. Varginha em um clique!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome