Família de Poço Fundo
Luiz Fernando, Larissa e o pequeno Pedro. Saiba como ajudar a família na matéria. Foto: Arquivo da Família
Publicidade

A família mora no bairro Lambari, na Zona Rural de Poço Fundo.

O pequeno Pedro foi apressado e resolveu nascer antes da hora, com 31 semanas. O pequeno veio ao mundo no dia 4 de maio, no Hospital Gimirim, em Poço Fundo. Pela idade gestacional, ele precisou ser internado na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI, como o hospital não tem esta ala, ele foi transferido para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas.

Apesar do susto, ele se desenvolveu bem e no dia 6 de junho recebeu alta. Mas durante a internação a família teve gastos que não esperava, uma vez que a mãe, Larissa Cristina de Oliveira Souza, precisava sair todos os dias do bairro Lambari, na Zona Rural de Poço Fundo, e ir até Alfenas amamentar o pequeno Pedro.

Em alguns dias, Larissa ia para Alfenas no carro do SUS, mas em várias ocasiões o pai, Luiz Fernando Vieira, precisava levar ela de carro. As despesas com combustível aumentavam a cada dia, sem falar da alimentação e da medicação que não era fornecida pelo SUS.

Por ter que levar a esposa em Alfenas, Luiz Fernando, que é agricultor, não conseguiu trabalhar. E como ele recebe por diária, ficou praticamente sem renda no período.

Publicidade

Além de agricultor, Fernando também faz trabalhos de pedreiro de forma autônoma. Mas devido a um diagnóstico de Câncer de Pele, ele está impedido de trabalhar ao sol, ou seja, não pode nem cuidar da lavoura de café e nem fazer trabalhos de pedreiro.

Como ainda não deu entrada para afastamento no INSS, eles estão sem qualquer fonte de renda fixa no momento. Também não pode contar com os rendimentos do cafezal, pois perdeu toda a produção na última geada.

A família precisa de ajuda para custos básicos em casa, alimentação, medicação e para o leite do bebê, que precisa usar o Nan EspessAR que custa entre R$ 40,00 e R$ 50,00 a lata.

Por isso a família e os amigos fizeram uma campanha para Luiz Fernando, Larissa e o Pedro, que é tão pequeno mas já se mostrou um guerreiro, para suprir as necessidades neste primeiro momento.

Quem for do Poço Fundo ou imediações pode deixar as doações na Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo – COOPFAM, que fica na Rua Antônio Cândido de Souza, 49 – Centro. Os telefones para contato são (35) 3283-1055 ou 99947.5429.

As doações também podem ser feitas pelo PIX 077.530.756-40 – Luiz Fernando Viera.

#correntedobem #pedro #pocofundo

Veja mais notícias no Varginha Digital

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui