Lalá Seresteiro lança disco no Conservatório de Música de Varginha

Lalá Seresteiro lançará o disco “A Minha Infância” no Conservatório de Música de Varginha no dia 14 de julho.

O cantor e compositor Lázaro Tavares, mais conhecido como Lalá Seresteiro, lançará o CD “A Minha Infância” no dia 14 de julho (sexta-feira), a partir das 19h.

Publicidade

O disco será apresentado ao público em um show de lançamento que acontecerá no auditório Dalva Resende, do Conservatório Estadual de Música de Varginha Maestro Marciliano Braga. A entrada é gratuita.

Além da música “A Minha Infância”, composição de autoria própria, o disco é formado por outras 11 músicas para serenata de grandes compositores do Brasil como “A Deusa da Minha Rua”, “A Última Inspiração” e “O Velho Realejo”.

Lalá Seresteiro
Lalá Seresteiro lançará o disco “A Minha Infância” no Conservatório de Música de Varginha no dia 14 de julho.

Na apresentação no Conservatório de Varginha, Lalá Seresteiro será acompanhado pelo grupo Velha Guarda, composto atualmente por Gilberto Botrel (violão de 7 cordas), Dodô (cavaquinho), Zezé (percussão), Toninho (acordeon), Luiz Carlos (contrabaixo / violão).

Aos 77 anos de idade e 45 anos de carreira, esse é o terceiro disco lançado cantor. De acordo com Lalá Seresteiro, “esse CD vai trazer muita recordações, porque tem muitas pessoas, principalmente as mais jovens, não conhecem o que é música de serenata. Se você sentar para ouvir as letras, como são muito bonitas, elas tocam mesmo a gente, trazem aquele romance e aquelas recordações. É uma coisa que toca na gente, que faz a gente se encantar por aquela música”.

A música “A minha infância” relembra os primeiros anos de vida do músico quando ele brincava de pique e rodava peão no Jardim do Sapo, ia à escola, e destaca a influência do pai dele, que também era músico e tocava na banda do Conservatório de Varginha.

Publicidade

O disco “A Minha Infância” estará à venda no dia da apresentação no Conservatório e também poderá ser comprado pelo telefone (35) 9 9880-7425.

A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Varginha, por meio da Fundação Cultural de Varginha.