Varginha tem plano de ação aprovado e assina termo de adesão à Política Nacional Aldir Blanc

A Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura foi nomeada em homenagem ao escritor e compositor Aldir Blanc, que morreu em maio de 2020 vítima de covid-19

Varginha mais uma vez sai na frente para conquistar recursos para serem investidos no setor cultural do município. A Fundação Cultural já teve o plano de ação aprovado e assinou o termo de adesão à Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB).

Publicidade

A previsão é que Varginha receba recursos para a manutenção, formação, desenvolvimento técnico e estrutural de agentes, espaços, iniciativas, cursos, oficinas, intervenções, performances e produções. A PNAB também se volta ao desenvolvimento de atividades de economia criativa e solidária, a produções audiovisuais e manifestações culturais, e à realização de projetos e atividades artísticas, do patrimônio cultural e de memória.

O diretor-superintendente da Fundação Cultural, destaca que os recursos da Lei Aldir Blanc se somam ao da Lei Paulo Gustavo e da Lei Municipal de Incentivo à Cultura no apoio à classe artística. “São recursos que trarão mais investimentos no setor cultural e que temos a certeza proporcionarão o crescimento e o desenvolvimento da cultura no município. O benefício será para a própria sociedade, que terá acesso gratuito a muitos manifestações artísticas criadas com o financiamento público”.

A Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura foi nomeada em homenagem ao escritor e compositor Aldir Blanc, que morreu em maio de 2020 vítima de covid-19. Nascido em 2 de setembro de 1946, no Rio de Janeiro, Aldir Blanc é considerado um dos grandes letristas da Música Popular Brasileira (MPB).

O Governo Federal repassará a estados, municípios e Distrito Federal R$ 3 bilhões por ano entre 2023 e 2027, totalizando R$ 15 bilhões. Os recursos vêm do Fundo Nacional da Cultura (FNC) e são executados a partir de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural.