Quando se fala em Varginha qual é a primeira coisa que vem a sua cabeça? O ET de Varginha, claro!

Conhecido mundialmente, o caso ET de Varginha completou 21 anos em 2018 e nunca foi realmente esclarecido. O fato é que a cidade ficou muito movimentada no dia 20 de janeiro de 1996.

O Varginha Digital conta aqui vários ângulos da história  a cada semana e é você, leitor, que decide o que realmente aconteceu.

Linha do tempo

13 de janeiro

Um empresário diz ter visto um OVNI (objeto voador não identificado) sobrevoando Varginha e acompanha a queda.

20 de janeiro

1h30: O casal de trabalhadores rurais, Eurico Rodrigues de Freitas e Oralina Augusta de Freitas se assustaram com o gado correndo de um lado para outro. Eles viram um objeto voador não identificado, na cor cinza com formato de submarino, do tamanho de um micro-ônibus, sobrevoando o pasto da fazenda que eles cuidavam. O objeto não fazia barulho e soltava uma fumaça branca. O estranho objeto sobrevoou a propriedade durante 40 minutos e, aparentemente avariada, seguiu rumo ao Jardim Andere.

Descrição do OVNI feita pelo casal de fazendeiros

8h30: Algumas crianças dizem ver um ser incomum que, acuado, “chora alto e fino”. O Corpo de Bombeiros de Varginha é acionado para capturar um animal estranho que está em um barranco no Jardim Andere. Uma viatura com quatro bombeiros e um major segue para o local.

14h: Uma testemunha civil, que já foi militar, observou pelo menos sete militares do Exército, armados com “FAL” (fuzil automático leve), fazendo uma operação de busca na pequena floresta próximo de onde o primeiro ser foi capturado. Esta testemunha escutou três disparos, e logo depois, viu os militares saírem da mata com dois sacos de campanha cheios. Um dos sacos tinha alguma coisa que se mexia, enquanto no outro havia uma coisa imóvel. Possivelmente, o conteúdo dos sacos seriam criaturas como àquela capturada pelos bombeiros, no período da manhã do mesmo dia.

 et de varginha

15h: três garotas teriam visto uma segunda criatura de olhos vermelhos e saltados, agachada e encostada em um muro no bairro Jardim Andere. O avistamento acontece na Rua Benevenuto Brás Vieira, ao lado do nº 76.

meninas avistam et de varginha

16h10: A mãe das meninas, retorna ao local e vê duas pegadas e sente um cheiro no local, que não conseguiu identificar mas, segundo ela, parecia cheiro de amoníaco.

17h: Uma forte chuva de granizo atinge Varginha. O sistema elétrico é prejudicado e algumas árvores são derrubadas.

20h: Dois PMs teriam capturado uma quarta criatura e a levam para um Posto de Saúde. Médico se recusa a receber o estranho paciente e orienta a levá-lo ao Hospital Regional, pois tem mais aparelhagem e recursos. A criatura é levada ao Hospital Regional e funcionários, pacientes e visitantes presenciam estranha movimentação.

21 de Janeiro

1h30: Após ter sido examinada por médicos e sob vigilância militar, a criatura teria sido transferida do Hospital Regional para o Hospital Humanitas.

 et de varginha

22 de Janeiro

9h:  Primeira mobilização do Exército para transferir o estranho ser já morto do Hospital Humanitas para a ESA. Esta primeira operação de transporte não obteve sucesso.

entre 15h e 18h: Um comboio de três caminhões do Exército e outros vários veículos sem identificação, conseguem retirar a criatura do hospital e levá-la para a ESA, em Três Corações.

23 de Janeiro

4h: O exército segue para Campinas, onde deixa as criaturas na Escola Preparatória de Cadetes. Mais tarde, a criatura é transferida para a Universidade de Campinas (UNICAMP), onde foi entregue para um legista que a necropsia.

24 de Janeiro

Manhã:  Os caminhões do Comboio voltam vazios para a ESA, em Três Corações.

25 a 26 de Janeiro

Durante todo o dia – Vários militares que atuam dentro da NASA chegam à UNICAMP. A justificativa oficial foi que iriam selecionar cientistas brasileiros para participarem de futuras missões espaciais em conjunto com os norte-americanos.

Fonte: Para mais informações sobre o caso ET de Varginha acessem o Portal Burn ou o canal do Youtube.

O Varginha Digital quer saber sua opinião sobre o caso ET de Varginha

Clique no Sim ou Não para votar (É necessário estar logado ao Facebook para votar)

Confira os melhores vídeos da Internet sobre o Caso Varginha

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu acredito , eu ter visto a nave em 1995 , sobrevoando ,na localidade de Igrejinha, juiz de Fora, 18horas . Uma curiosidade, na altura que estava, acima do Morro , uns 20km horário , MUITA luz em forma de círculo mesmo, outra curiosidade; as pessoas que
    . , estavam comigo nao conseguiram ver , nao conseguia ver
    ., só perguntavam onde , onde .? Isso também nao consegui entender .enfim .mas eu , acredito eu ter visto.

  2. É a maior mentira que já inventaram sobre esse tal de ET pois bolaram isto pra fazer movimento na cidade para gerar movimento financeiro, do mesmo jeito que inventam estórias de santa que aparece em algum lugar e começa as romarias gerando movimento financeiros na cidade.
    O povo de Varginha e outros são muito ingênuos e bobos de acreditar nestas estórias mais ridículas. kkkkkk

    • Então sugiro você estudar o caso porque se tem alguém ingênuo aqui é você. Boa parte dos relatos ufológicos são realmente coisas inventadas ou mesmo confundidas com fenômenos naturais. Mas esse caso em especial foi acobertado por autoridades, vários ganchos entranhos que aconteceram com provas (entrevista de médicos, no zoológico, as três meninas, a morte misteriosa do policial, o avistamento do casal do sítio, o piloto que dirigia pela Fernão Diaz e viu o objeto (que parecia um dirigível) caindo (foi atrás para prestar socorro, por ser piloto, e foi rispidamente expulso pelo exército que estranhamento logo após a queda já estavam no local da queda). Várias e várias situações sem explicação acobertadas pelo exército. Não tenha preconceito nessa caso, procure estudar, olhe os FATOS. Daí volte aqui e me fale!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome