Acompanhe as notícias sobre o mandato de prisão contra o ex-presidente Lula

Manifestantes apoiam o ex-presidente Lula em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo.

O prazo estipulado pelo juiz Sérgio Moro para o ex-presidente Lula se entregar na sede da Polícia Federal em Curitiba/PR, venceu às 17h.

Mesmo com o prazo para se apresentar na sede da Polícia Federal em Curitiba/PR vencido, o ex-presidente Lula permanece na sede do Sindicado dos Metalúrgicos, em São Bernando do Campo/SP, onde permaneceu desde ontem (5), quando o mandato de prisão foi expedido pelo juiz Sérgio Mouro.

A sede do Sindicato dos Metalúrgicos está tomada por militantes contrários à prisão de Lula.

A prisão foi determinada menos de 24 horas depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) negar recurso do petista para que ele não fosse preso e pudesse recorrer em liberdade contra a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do tríplex de Guarujá (SP).

Vencido o prazo estipulado pelo magistrado, o petista agora pode ser preso em qualquer lugar. Encerrado o prazo, ele é considerado oficialmente procurado pela polícia, independentemente de se saber onde ele está.

Antes do prazo estipulado para se apresentar na PF em Curitiba, o ministro Félix Fischer, do STJ (Superior Tribunal Justiça), negou nesta hoje (6) o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a ordem de prisão expedida pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Jato.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome