Aplicativo desenvolvido pela UNIFAL ajudará no exame detalhado do “pé diabético”

exame pe diabetico

Aplicativo desenvolvido pela UNIFAL-MG ajudará no exame detalhado do “pé diabético”; ferramenta será útil para os profissionais da saúde

Um grupo de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UNIFAL-MG desenvolveu uma ferramenta que auxilia profissionais de saúde a avaliarem os pés de pessoas com Diabetes Mellitus. Por meio do aplicativo “Cuidando do Pé”, as pessoas com diabetes poderão passar por um exame detalhado, o qual identificará sinais do risco de desenvolver o pé diabético.

A proposta de desenvolver a ferramenta surgiu a partir da observação de estudos que demonstram a importância de avaliar os pés das pessoas com Diabetes Mellitus para evitar o desenvolvimento do problema, no entanto, a avaliação não tem ocorrido na prática. É o que explica Eliene Sousa Muro, mestre em Enfermagem pela UNIFAL-MG, integrante do grupo de pesquisa: “As pesquisas realizadas pela equipe mostraram que os profissionais de saúde não têm feito a avaliação dos pés dessas pessoas na sua prática clínica, muitas vezes, pela falta de um instrumento adequado e simples para guiá-los durante a avaliação”, conta.

Constatada a questão, o grupo percebeu a necessidade de criar uma ferramenta de avaliação dos pés que fosse fácil de manusear, não tomasse muito tempo do avaliador e ao mesmo tempo possibilitasse um exame detalhado e eficaz dos pés. “Hoje, os aplicativos em celulares e tablets estão sendo muito utilizados nos serviços de saúde, favorecendo o diagnóstico e o tratamento de doenças, como também facilitando o armazenamento dos dados das pessoas e permitindo o acesso rápido dessas informações pelos profissionais de saúde”, comenta Eliene sobre o uso da tecnologia.

Para chegar à concepção do aplicativo, o grupo selecionou todos os itens necessários para a avaliação dos pés, disponibilizando-os em telas de celular a partir de um programa próprio para criar aplicativo. O aplicativo foi construído, passando por uma avaliação de pessoas especialistas na área. “Os especialistas deram sugestões para melhorias do aplicativo e só depois que estava totalmente aprovado por eles, foi possível experimentar nas pessoas que possuem diabetes”, relata.

aplicativo pe diabetico unifal

Segundo Eliene, o pé diabético ocorre quando a glicose (açúcar no sangue) está aumentada de forma a danificar os nervos periféricos, o que causa um problema chamado neuropatia diabética. “Quando a pessoa desenvolve a neuropatia e tem outras alterações nos membros inferiores, como problemas vasculares e nos ossos, calos, micoses, rachaduras, dentre outros, isso pode fazer com que apareça feridas nos pés, levando até a amputação”, explica. “Com a avaliação rotineira dos pés é possível identificar e intervir precocemente nesses problemas, evitando o surgimento das lesões”, acrescenta, dizendo que o aplicativo “Cuidando do Pé” atua na prevenção da presença do risco das pessoas desenvolverem o pé diabético.

Como pesquisadora e profissional da saúde, Eliene se diz satisfeita por ter contribuído para a comunidade científica e beneficiada com a ferramenta. “Além de essa ferramenta, ao final, identificar o risco para o desenvolvimento da condição supracitada, ela ainda permite realizar o acompanhamento desta, propondo recomendações para a equipe multiprofissional e indicadores que fornecem um feedback quanto à conduta realizada”, afirma. “Eu, assim como todos os pesquisadores do grupo, fiquei bastante satisfeita em transformar uma avaliação dos pés preconizada pelo Ministério da Saúde por meio do Manual do pé diabético, em um instrumento informatizado.

O grupo de pesquisadores responsável pela criação do aplicativo “Cuidando do Pé” é formado pelas docentes, Erika de Cássia Lopes Chaves (Escola de Enfermagem), Juliana Bassalobre Carvalho Borges e Denise Hollanda Iunes (Faculdade de Fisioterapia); e pelos mestres em Enfermagem e Ciências da Reabilitação, respectivamente, Eliene Sousa Muro e Ismael David de Oliveira Muro.

Acesso ao aplicativo

A ferramenta foi desenvolvida para uso exclusivo de profissionais de saúde, uma vez que requer um conhecimento prévio sobre a avaliação dos pés. Pode ser usado por enfermeiros, médicos, fisioterapeutas e outros profissionais. Em breve, o aplicativo estará disponível para baixá-lo na PlayStore, loja de aplicativos da Google, no entanto, até que a publicação não ocorra, os interessados em utilizá-lo, podem entrar em contato diretamente com os pesquisadores pelo e-mail: [email protected].

Curta o Varginha Digital no Facebook e no Instagram
Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome