Bombeiros realizam “Operação Alerta Verde” no Sul de Minas

A “Operação Alerta Verde” é realizada pelo Corpo de Bombeiros em parceria com as prefeituras e apoio do Ministério Público de Minas Gerais.

O Alerta Verde será realizado pelo 9º Batalhão de Bombeiros Militar e abrangerá cidades como Varginha, Pouso Alegre, Lavras, Três Corações, Itajubá, São Lourenço, Extrema, entre outras.

Serão feitas ações como palestras e blitz educativas, além de vistorias em lotes e terrenos vagos, para avaliar possíveis áreas de risco na propagação de incêndios.

De acordo com o Tenente Ilenildo, comandante do 4º Pelotão do 9º Batalhão de Bombeiros Militar, após a fiscalização os laudos são encaminhados para a prefeitura, que é responsável por advertir e multar o dono do lote ou terreno, se for necessário.

Se houver incêndio nos terrenos vistoriados e se for preciso o trabalho do Corpo de Bombeiros, será feito um boletim de ocorrência, que será  encaminhado para o Ministério Público de Minas Gerais. Nesse caso o proprietário do terreno poderá responder criminalmente por crime ambiental.

“Com o Alerta Verde queremos conscientizar a população que o melhor manejo não é atear fogo em um lote vago, que acaba sendo mais fácil do que capinar o lote ou pagar alguém para fazer”, explica o Tenente Ilenildo. “A princípio a pessoa resolve o problema dela de limpar o terreno, mas causa problemas no entorno, seja respiratório, seja espalhando fuligem ou ainda com o aumento de roedores e animais peçonhentos invadindo as casas. Também há o aumento de insetos transmissores de doenças como a dengue”, ressalta o comandante.

O que diz a lei municipal

Em Varginha o art. 1º da Lei Municipal nº 4.876, diz que todos os proprietários de terrenos urbanos baldios são obrigados a mantê-los, permanentemente, roçados e limpos de entulhos. Outra lei municipal pune o proprietário que não cuidar devidamente de seu terreno em até R$ 1 mil reais.

Outras cidades também possuem legislação específica sobre queimadas em perímetro urbano.

Período de queimadas

No período de seca, de julho e outubro, há um grande aumento do número de chamadas dos Bombeiros, via 193.

Nos anos de 2016 e 2017 foram atendidos 1.421 e 1.837 chamados, respectivamente, de incêndios nas cidades de Varginha, Três Corações, São Lourenço, Itajubá, Extrema e Lavras.

Comente e Compartilhe.

Veja mais Notícias da Região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome