Cemig pede máxima atenção para evitar acidentes com fios partidos da rede elétrica

Publicidade

Companhia da Cemig orienta que não se deve aproximar e nem permitir que outros se aproximem de fios rompidos na rede elétrica.

No período chuvoso, as ocorrências com fios partidos tendem a aumentar em função de situações típicas dessa época – geralmente provocadas por ventanias e tempestades fortes – como a queda de árvores sobre cabos, lançamento de objetos na rede de energia, colisões de veículos em postes ou até mesmo a incidência de descargas atmosféricas, que podem provocar danos à fiação elétrica. Dessa forma, a Cemig vem, mais uma vez, orientar a população sobre os cuidados que todos devem ter em relação a ocorrências na rede elétrica que envolvam situações de fios partidos. 

De acordo com o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, as pessoas nunca devem se aproximar de fios no chão ou tentar retirar restos de árvores sobre veículos ou até mesmo do solo, caso estejam obstruindo a passagem de uma via ou da garagem. Nesses casos, é essencial que se tenha paciência e espere a chegada do Corpo de Bombeiro e da Cemig. 

Caso as pessoas se deparem com um fio partido, elas não podem se aproximar ou tocar no cabeamento e, se possível, não devem permitir que outras pessoas se aproximem também. Nos casos em que condutores rompidos caiam sobre veículos, é muito provável que, ao sair do automóvel, a pessoa sofra um choque elétrico, que pode ser de até 13.800 volts, caso seja uma rede de média tensão”, orienta o gerente. 

Em um acidente de carro em que haja a derrubada de cabos de energia na lataria ou no entrono, as pessoas podem se desesperar e querer deixar o automóvel o mais rápido possível. Contudo, o mais seguro é permanecer no interior do veículo. 

Publicidade

Os veículos são projetados de tal forma para não conduzirem energia elétrica para o seu interior. Assim, o mais seguro para as pessoas é permanecerem dentro do automóvel até a chegada da Cemig para providenciar o desligamento da rede elétrica e permitir que o Corpo de Bombeiros faça o resgate com segurança“, explica. 

Entretanto, há uma situação em que as pessoas devem sair do veículo imediatamente: quando o acidente provoca incêndio. Dessa forma, o especialista em segurança explica a única forma de deixar o automóvel em segurança. 

O único caso em que a pessoa deve deixar o veículo imediatamente é em situações de incêndio. Nessas ocasiões, se for necessário sair do veículo, a pessoa nunca deve tocar ​na estrutura do automóvel e no solo ao mesmo tempo, porque a pessoa se tornará o caminho ​da corrente elétrica ​entre ela e o solo. Isso pode ser fatal ou causar queimaduras gravíssimas. O correto é que a pessoa abra a porta e salte de forma a não tocar no veículo e no solo ao mesmo tempo e sempre longe do cabo partido. Ao cair no solo a pessoa deve andar em passos curtos até se afastar do veículo ou do cabo partido. Apesar da dificuldade, esta é a única forma de evitar o choque elétrico”, completa. 

Em caso de acidentes, entre em contato com a Cemig 

A recomendação, em casos de acidentes envolvendo a rede elétrica, é telefonar imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116, que funciona 24 horas por dia. Se uma árvore cair na frente de alguma residência, a recomendação é nunca tentar retirá-la ou cortá-la, e chamar o Corpo de Bombeiros para a retirada da vegetação caída. ​Isso ocorre pelo fato de que os galhos da árvore caída no solo podem esconder o fio partido e, ao tentar retirá-lo, a pessoa pode sofrer um choque elétrico.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Siga o Varginha Digital no

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui