Falta de combustíveis em postos de Varginha causa aumento de preços nas bombas

Vários postos já não têm mais combustível para vender e os que ainda têm estão aplicando um aumento médio de R$ 0,50.

A falta de combustível está gerando filas em vários postos de Varginha e o aumento em média de R$ 4,20 para R$ 4,70 tem gerado revolta aos motoristas varginhenses.

Este é um dos reflexos da greve dos caminhoneiros que começou na segunda-feira, dia 21 de maio. Outros setores da economia também estão sendo afetados, que não conseguem receber insumos e matéria-prima para a produção.

Greve dos Caminhoneiros em Varginha

Até hoje, 22, os motoristas de caminhões em Varginha não estavam bloqueando o tráfego para carros de passeios, vans e ônibus. Mas uma informação que começou a circular entre grupos de WhatsApp e Facebook afirma que a partir de amanhã o trânsito será totalmente bloqueado.

O administrador de um dos grupos de WhatsApp publicou que conversou com o coordenador da paralisação dos caminhoneiros, que estão parados próximos a Walita. Na conversa o coordenador teria confirmado que os grevistas irão bloquear somente a circulação caminhões.

Até o fechamento desta matéria o Varginha Digital não conseguiu contato com os coordenadores do movimento para confirmar a informação.

A manifestação dos caminhoneiros cobra do governo a redução a zero da carga tributária sobre o diesel e a isenção da contribuição de intervenção no domínio econômico sobre a venda de óleo diesel a ser utilizado pelo transportador autônomo de cargas.

Veja mais Notícias de Varginha.

Acompanhe o Varginha Digital pelo Facebook.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome