Operação Trem Fantasma apura fraudes na prefeitura de Elói Mendes

Elói Mendes

O prejuízo para a Prefeitura de Elói Mendes foi de aproximadamente R$ 250 mil.

Foi realizada na manhã desta quarta-feira, 21, a segunda fase operação Trem Fantasma. O trabalho visa apurar fraudes na Secretaria de Obras de Elói Mendes.

Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão e 01 mandado de prisão temporária. A fraude lesou os cofres públicos em aproximadamente R$ 250 mil.

A investigação começou em 2018. Servidores teriam desviado o dinheiro através de falsas compras de peças para veículos da frota municipal, sem o respectivo recebimento. Alguns carros, inclusive, não estavam sendo usados.

Fizeram parte da ação o Ministério Público do Estado de Minas Gerais, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Elói Mendes. Fizeram o apoio o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO Varginha) e a Polícia Militar. Participaram ainda a 6ª Chefia de Departamento da Polícia Civil e a Receita Estadual.

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome