Anvisa interdita 12,1 milhões de doses da vacina CoronaVac

Publicidade

A interdição das doses da CoronaVac aconteceu por alterações na produção do imunizante.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou no sábado, 4, 25 lotes da vacina Coronavac. Ao todo, foram 12,1 milhões de doses com o uso suspenso pela medida em todo o Brasil.

A equipe do Varginha Digital entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura para saber se Varginha recebeu imunizantes dos lotes interditados, mas até o fechamento desta matéria não recebeu retorno.

Em Minas Gerais, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG), são 843.920 doses interditadas. Segundo a SES-MG,  20.520 doses pertencentes a lotes interditados pela  foram distribuídas para as Unidades Regionais de Saúde. Em nota, o Estado não soube informar se as vacinas que chegaram às regionais foram aplicadas ou não.

De acordo com a justificativa da Anvisa, a suspensão dos lotes aconteceu porque o envasamento das vacinas foi feito em uma unidade fabril chinesa não inspecionada pela agência e nem aprovada na Autorização de Uso Emergencial no Brasil. 

Publicidade

Veja também

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui