Black Friday: confira 41 sites nos quais você deve evitar comprar

Consumidores devem ficar atentos para não cair em golpes durante a Black Friday.

A menos de uma semana para a Black Friday, que neste ano será no dia 25 de novembro, as promoções e descontos já pipocam em todos os canais de comunicação dos consumidores. Mas em meio a descontos incríveis, há muita fraude também.

Publicidade

Por isso o Procon-SP divulgou uma lista com 41 sites de vendas que devem ser evitados no próximo dia 25. Estes endereços online foram notificados pelo órgão, mas não responderam ou não foram encontrados. Veja a lista aqui.

Alguns sites da lista que notificados estão fora do ar, mas podem voltar a qualquer momento, enquanto outros seguem operando normalmente. Os principais motivos de reclamação em outras edições da Black Friday foram atraso ou não entrega do produto, pedido cancelado, mudança de preço, maquiagem de desconto e indisponibilidade do produto ou serviço.

Valores dos produtos

O Procon-RJ explica que muitas lojas podem embutir o valor da garantia nos produtos. Caso isso aconteça o consumidor deve denunciá-lo. No caso de peças de mostruário vendidas por um preço abaixo do praticado normalmente, as lojas devem informar claramente o motivo da redução na nota de compra.

A partir da reclamação do consumidor, o fornecedor tem 30 dias para resolver o problema. Ao fim desse prazo, ele pode exigir a troca por produto da mesma espécie, em perfeita condição de uso; a restituição imediata da quantia paga; ou o abatimento do preço.

Entrega

Em relação à entrega de mercadorias, a loja é obrigada a informar a previsão de cumprimento do contrato. Quando ela descumpre o prazo que ela mesma determinou, os consumidores devem acionar a empresa por meio do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). Caso o problema não seja resolvido, o consumidor deve denunciar ao Procon.

Publicidade

Cartilha Black Friday

O Procon-RJ criou a cartilha Manual da Black Friday, que pode ser acessada aqui, com informações e dicas para não cair em golpes e garantir que a empresa cumpra o que anunciou. Confira algumas aqui:

Verifique a segurança do site, confira se o endereço usa o protocolo https e se é exibido um ícone no formato de um cadeado fechado. Clicando em cima da fechadura, deve aparecer o certificado de garantia do site

Pesquise na internet relatos de outros consumidores sobre a empresa

Guarde todos os e-mails de confirmação do pedido, pagamento e qualquer outra comunicação recebida da loja

Publicidade

Caso use o cartão de crédito para fazer o pagamento da compra, prefira a versão de cartão virtual temporário, que vale apenas para uma compra única pela internet;

Veja mais notícias no Varginha Digital