Esplanada dos Ministérios é isolada após caminhoneiros planejarem invasão

O isolamento da Esplanada dos Ministérios visa proteger os órgãos públicos e manter a ordem na capital federal.

Após uma suspeita de que caminhoneiros bolsonaristas estariam planejando invadir a área central para protestar contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a presidente, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) decidiram fechar, preventivamente, a Esplanada dos Ministérios.

Publicidade

A medida foi adotada como precaução, para proteger os órgãos públicos e manter a ordem na capital federal. A Esplanada foi interditada nas duas vias. A Esplanada seguirá sendo monitorada, com suporte de câmeras e do serviços de segurança.

Bloqueio de estradas

Desde o resultado das eleições há vários bloqueios nas estradas brasileiras, feitos por eleitores do presidente Bolsonaro, insatisfeitos com a vitória de Lula.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ordenou na noite desta segunda-feira (31/10) a liberação de todas as rodovias bloqueadas. Com isso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e as Polícias Militares estaduais são obrigadas a desobstruir todas as vias públicas que estejam com o trânsito interrompido pelos protestos.

Na decisão é citada a omissão por parte da PRF e fixa multa diária de R$ 100 mil se ocorrer descumprimento. Também está autorizado o afastamento e prisão do diretor-geral da corporação, Silvinei Vasques, caso ele desobedeça a ordem.

Publicidade

A maioria do Superior Tribunal Federal (STF) validou a decisão de Moraes, durante o plenário virtual convocado pela ministra Rosa Weber na madrugada desta terça-feira, 1°. A decisão de Moraes foi confirmada por Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia e Rosa Weber.

Protestos no Sul de Minas

Nesta segunda-feira, 31 de outubro, foram registrados vários protestos em Pouso Alegre, Poços de Caldas e Varginha.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, por volta das 5h20 da manhã permaneciam interditadas as seguintes rodovias federais mineiras:

Veja mais notícias no Varginha Digital

Publicidade