Caminhoneiros prometem entrar em greve em protesto contra o alto preço do diesel

Em Varginha a paralisação dos caminhoneiros será no trecho próximo à Walita nesta segunda, dia 21, à partir das 6h.

A manifestação dos caminhoneiros cobra do governo a redução a zero da carga tributária sobre o diesel e a isenção da contribuição de intervenção no domínio econômico sobre a venda de óleo diesel a ser utilizado pelo transportador autônomo de cargas.

A paralização foi convocada pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que tem 600 sindicatos e 7 federações filiadas e representa de 600 mil a 700 mil caminhoneiros no Brasil. A projeção é uma adesão em torno de 60% a 70% da categoria no Brasil até o meio-dia de segunda-feira.

A decisão foi tomada devido à falta de resposta do Governo Federal, que até sexta-feira, 18, não se manifestou sobre as reivindicações da categoria.

Questionado ainda na sexta-feira, dia 18, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou que o governo está sensibilizado com a alta dos preços e que já está discutindo formas para uma redução de impostos.

Em nota a Abcam afirma que “o aumento constante do preço nas refinarias e dos impostos que recaem sobre o óleo diesel tornou a situação insustentável para o transportador autônomo. Além da correção quase diária dos preços dos combustíveis realizado pela Petrobrás, que dificulta a previsão dos custos por parte do transportador, os tributos PIS/Cofins, majorados em meados de 2017, com o argumento de serem necessários para compensar as dificuldades fiscais do governo, são o grande empecilho para manter o valor do frete em níveis satisfatórios”.

A nota completa pode ser vista no site da Abcam.

Outras entidades que não fazem parte da categoria de transporte rodoviário de cargas também estão aderindo à paralisação, são elas: União Geral dos Transportadores Escolares (UGTESP), Cooperativa de Turismo do Distrito Federal (COOPETUR), Sindfrete, Unitrans Brasil, Sindicato de Escolares de Pernambuco e Sindicato de Taxistas de São Paulo e Nordeste.

Confira mais Notícias.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome