Cemig alerta sobre o risco de acidentes em casa

Procedimentos simples que podem evitar acidentes em casa.

Quem nunca sofreu com pequenos choques elétricos em casa. Apesar de parecer um incidente simples, este e outros acidentes podem ter consequências mais sérias, resultando até em mortes.

Para evitar qualquer risco em casa, procedimentos simples ajudam muito.

O engenheiro de Segurança do Trabalho Demetrio Aguiar, da Cemig, explica que utilização de Ts, benjamins ou extensões, por exemplo, podem triplicar a corrente de energia se ligados em uma única tomada, por isso são perigosos.

“Os Ts e os benjamins são muito utilizados, mas eles podem causar acidentes graves e até mesmo incêndios. Algumas pessoas usam vários equipamentos em uma mesma tomada, o que pode gerar aquecimento e até mesmo derretimento do objeto. E cada vez que esses objetos são sobrecarregados, as chances de acidentes aumentam ainda mais”, afirma o engenheiro.

Outra potencial fonte de acidentes está relacionada à fiação elétrica. É essencial mantê-la sempre encapada. Caso o isolamento original esteja danificado o ideal recompor com fita isolante para evitar o risco de choque e até mesmo a possibilidade de incêndio.

Banheiro

É comum usarmos equipamentos elétricos e eletrônicos no banheiro.  Aqui o cuidado deve ser redobrado. “A água é uma grande condutora de energia elétrica. Dessa forma, após sair do chuveiro, as pessoas devem evitar utilizar o uso de secadores, barbeadores elétricos e chapinhas. Esses equipamentos só devem ser utilizados quando a pessoa estiver totalmente seca”, destaca Aguiar.

Crianças

Quem tem criança em casa sabe que a curiosidade é muita e a atenção tem que ser enorme para evitar acidentes. Ter protetores de tomada ajuda também quem tem animais. Esses dispositivos são encontrados facilmente em lojas especializadas a preços muito acessíveis.

Mobile

Demetrio Aguiar também faz recomendações em relação aos dispositivos móveis. O engenheiro destaca que o carregamento dos aparelhos deve ser feito sobre uma superfície lisa e bem ventilada, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, colchas de camas, forros de sofás, por exemplo. “Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros cômodos da casa ou do apartamento”, afirma.

Veja mais Notícias.

Acompanhe o Varginha Digital no Facebook.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome