Cirurgias eletivas não essenciais estão suspensas em todo o estado

Publicidade

A suspensão das cirurgias eletivas será válida para as redes pública e privada (contratada e conveniada com o Sistema Único de Saúde – SUS).

O governo de Minas Gerais anunciou que nos próximos dias serão suspensas as cirurgias eletivas não essenciais em todo o estado. Só estão fora da decisão cirurgias para pacientes cardíacos ou oncológicos de maior gravidade.

A determinação vale por 15 dias e é uma ação preventiva para evitar o esgotamento da rede pública de assistência. Na última semana, Minas registrou aumento de 3,2% no número de casos e 4,1% nos óbitos pela Covid-19.

A determinação será válida para as redes pública e privada (contratada e conveniada com o Sistema Único de Saúde – SUS).  A decisão será ampliada para todos os municípios mineiros a resolução da SES publicada no último sábado (13/2), que suspendia as cirurgias não eletivas em sete macrorregiões do estado.

 “A medida tem como objetivo minimizar a sobrecarga no sistema de Saúde para o atendimento de pacientes com covid-19. A ação também vai permitir que a secretaria tenha mobilidade no planejamento estratégico de readequação e redistribuição de pacientes, equipes médicas e equipamentos para regiões em que a incidência da doença está maior”, afirma o chefe de gabinete da SES-MG, João Pinho.

Publicidade

Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!


Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui