Globo fará série sobre Goleiro Bruno, mãe de Eliza Samudio critica

goleiro bruno
Foto: Régis Melo

O goleiro Bruno Fernandes atualmente cumpre pena em regime semiaberto aberto em Varginha. O anúncio da produção da série gerou polêmicas

Globo confirmou na última quinta-feira, dia 9, que comprou o direito do livro ”Indefensável — O goleiro Bruno e a história da morte de Eliza Samudio”, da editora Record, e que possui o desejo de desenvolver uma série sobre o goleiro Bruno e outros crimes.

Conforme noticiado na coluna do jornalista Léo Dias, do UOL, a Globo estaria desenvolvendo um seriado sobre o caso envolvendo o ex-goleiro do Flamengo, que foi condenado a 22 anos de prisão após assassinar Eliza Samudio em 2010. Ainda de acordo com a reportagem, atriz Vanessa Giácomo estaria confirmada no papel da vítima.

A Globo confirmou ao jornal Extra, que comprou os direitos do livro, dos jornalistas Leslie Barreira Leitão, Paula Sarapu, Paulo Carvalho, assim como também obteve os direitos de outras obras sobre crimes.

Compramos o direito não só deste livro, mas de vários outros e de vários outros casos, pois existe o desejo de fazermos uma série sobre crimes”, explicou.

No entanto, a emissora negou que o seriado sobre o caso Eliza Samudio já esteja sendo desenvolvido ou que Vanessa vá interpretar Eliza: ”Não há nada desenvolvido, escrito, nem aprovado sobre nenhum dos casos possíveis.”

O assassinato da modelo e atriz teve repercussão nacional por envolver o então goleiro titular do Flamengo, Bruno Fernandes. Eliza tinha 25 anos e tinha um filho com o atleta, após se relacionarem em 2009. Depois de conflitos por conta da gravidez e pedidos para que ela fizesse um aborto, Bruno foi denunciado por ela à polícia por agressão. Mesmo após as denúncias, Eliza foi vítima de cárcere privado, estrangulamento e esquartejamento. Além do goleiro, outros suspeitos estavam envolvidos no crime.

O goleiro foi condenado a 20 anos e nove meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza e pelo sequestro e cárcere privado de Bruninho, filho dos dois. Bruno também havia sido condenado por ocultação de cadáver, pena que foi depois extinta, após a Justiça entender que o crime prescreveu. O filho do casal vive com a avó no Mato Grosso do Sul.

Repercursão

A possibilidade de a Globo produzir a série incomoda a mãe de ElizaSonia Moura.

Existe a conversa de que vão fazer. Mas, até então, ninguém me procurou. Ninguém da Globo. Mesmo que procure, está fora de cogitação isso aí. Eu não vou permitir que eles façam essa série“, afirmou Sonia ao site E+ na última sexta-feira, 10.

Em vez de a Globo fazer essa minissérie, por que não faz um [programa] investigativo para saber, realmente, que destino eles deram para o corpo da Eliza?“, questionou.

Atualmente, a mãe de Eliza Samudio vive em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com o neto, Bruninho, que cria desde os quatro meses de idade, quando sua mãe foi morta, e está prestes a completar 10 anos.

Gostaria que as pessoas tivessem mais empatia. Respeitassem mais. Independente de tudo que aconteceu, o meu neto é a maior vítima disso tudo. É uma coisa que ele vai carregar por toda a vida dele“, afirma.

A avó, que teme que Bruninho possa sofrer bullying na escola caso a série vá ao ar, conta como lida com a delicada questão: “A psicóloga me orientou a ir falando as coisas devagar. Ele descobriu que não poderia ver o pai porque estava preso. Depois, descobriu que o responsável pela morte da mãe era o pai”.

De repente, a Globo consegue fazer uma série e expor isso num canal aberto. É difícil, né? Venho cuidando para que meu neto não tenha acesso a um monte de coisas disso que aconteceu, e, de repente, vai estar escancarado aos olhos dele. Como o psicológico dessa criança vai ficar? Já não tem mãe, não tem pai, e tem acesso a tudo isso“, desabafa.

A possibilidade de a produção ser levada em frente também gerou críticas da autora de novelas Gloria Perez. “Só pode ser piada! E de mau gosto!”, afirmou.

Fonte: sites extra.com.br e emais.estadao.com.br

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome