Minas Consciente: macrorregiões migram para as Ondas Amarela e Verde a partir desta quinta, 19

Publicidade

As regiões saíram da Onda Vermelha do Minas Consciente devido à melhora nos indicadores da pandemia na última semana.

Nesta quinta-feira, 19, o governo de Minas Gerais anunciou a migração de macrorregiões para as ondas amarela e verde do plano Minas Consciente, devido à melhora nos indicadores da pandemia na última semana.

A informação é do Comitê Extraordinário Covid-19. Com isso, Triângulo do Sul agora se junta às macros Triângulo do Norte e Nordeste na onda amarela. Neste mesmo cenário positivo, a macrorregião Leste do Sul deixou a onda amarela e evoluiu para a verde, fase menos restritiva do plano estadual. Também estão nesta classificação as macros Leste, Centro, Centro-Sul, Oeste, Sul, Sudeste, Vale do Aço, Jequitinhonha, Norte e Noroeste. 

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, reforça que a aceleração da imunização é essencial para a melhora dos indicadores. “Os números nos trazem boas notícias. Nossa expectativa é muito positiva com o aumento da vacinação agora em agosto, para que a gente não tenha nenhum revés em relação à pandemia”, observa o secretário.

Nesta semana, Minas Gerais distribuiu para as Unidades Regionais de Saúde (URSs), na segunda-feira (16/8), 628.490 doses de vacina contra a covid-19 e, na quarta-feira (18/8), 947.810. 

Publicidade

Segundo dados do Painel Vacinômetro apresentados nesta quinta-feira, mais de 11,5 milhões de pessoas já receberam a primeira dose, o que garante uma cobertura vacinal de 70,65% no estado. 

Além disso, a cobertura de segunda dose e dose única aplicadas chega a 30,83%. 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui