Após divulgação do MP Busca, primeiro procurado é preso em menos de 24 horas

O primeiro procurado foi condenado por feminicídio em Alfenas.

A divulgação da campanha do projeto MPMG Busca já deu seu primeiro resultado em menos de 24 horas: Vítor Reginaldo Rosa, condenado por feminicídio em Alfenas, foi preso em Divinópolis.

Publicidade

A equipe da PM recebeu denúncia do paradeiro do condenado após a divulgação do cartaz com fotografias e informações sobre dezesseis pessoas procuradas pela Justiça em razão da prática de crimes no estado de Minas Gerais.

Como funciona o projeto

O projeto MPMG Busca é um esforço interinstitucional coordenado pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais (Caocrim), com o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão em aberto.

Os alvos foram selecionados por consulta aos promotores de Justiça Criminais, que fizeram pedido de apoio para cumprimento de mandados de prisão de condenados ou foragidos considerados prioritários em razão das particularidades locais (repercussão social, gravidade da conduta, reiteração delitiva etc).

Em razão de pedidos realizados por Promotorias de Justiça de Alfenas, Araguari, Belo Horizonte, Buritis, Espinosa, Carmo do Cajuru, Cataguases, Conceição das Alagoas, Frutal, Janaúba, João Pinheiro e Novo Cruzeiro, atualmente são procurados em todo o país, por instituições públicas parceiras do MPMG, dezesseis autores de crimes de estupro, tráfico de drogas, homicídio, feminicídio, furto e roubo.

Denuncie

Quem tiver informações sobre a localização dos procurados pode fazer sua denúncia sigilosa à Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais pelos telefones 127 e (31) 3330-9504 ou pela página da Ouvidoria no portal do MPMG.

Publicidade