Ambientalistas denunciam despejo de esgoto no Rio Verde. Copasa divulga nota de esclarecimento

Rio Verde
Foto: Coletivo Rio Verde Vivo.

A Polícia de Meio Ambiente recebeu uma denúncia sobre o despejo de esgoto no Rio Verde.

Ambientalistas que fazem parte do Coletivo Rio Verde Vivo denunciaram, nesta semana, o despejo de esgoto no Rio Verde, em Varginha.

Foram milhões de litros de esgoto despejados que causaram mortandade de peixes no ponto de encontro do rio com o Ribeirão São José.

De acordo com as informações da Polícia Militar do Meio Ambiente, a mortandade teria sido causada após uma obra realizada por terceirizados da Companhia de Saneamento de Minas Gerais, a Copasa.

A Polícia de Meio Ambiente recebeu uma denúncia da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Varginha, e ao chegar no local encontrou uma grande quantidade de peixes mortos, odor típico de esgoto e a coloração da água alterada, típica de esgoto.

Houve um defeito na tubulação de esgoto, vazando essa rede de esgoto não tratado em direção ao Ribeirão São José.

“A empresa já recebeu uma autuação administrativa e outras duas estão sendo estudadas em conjunto pela Polícia Militar Ambiental e a Secretaria de Meio Ambiente do Estado, pois dependem de laudo técnico”, disse o tenente da Polícia Militar Ambiental, Túlio Ferreira da Cunha.

Os peixes serão retirados, pesados e levados para o aterro sanitário.

O Varginha Digital entrou em contato com a assessoria de imprensa da Copasa, que enviou esta nota oficial:

“A Copasa esclarece que, devido ao mau uso da rede de esgotamento sanitário, com descarte incorreto de madeiras, fraldas, panos, cabelos, dentre outros materiais, houve um entupimento em determinado ponto da rede que provocou extravasamento de esgoto no Ribeirão São José, que é contribuinte do Rio Verde. Esse extravasamento pode ter sido a causa da morte de peixes no Rio Verde. Desde que tomou conhecimento do entupimento, a Copasa iniciou os trabalhos de reparação, que foram concluídos no início da noite desta terça-feira (15/09).

A Companhia recomenda à população que faça o uso correto da rede de esgoto, e ressalta a importância de não descartar nos vasos sanitários objetos que devem ser depositados na lata de lixo, tais como tocos de cigarro, papeis, plásticos, trapos, absorventes, fraldas, chicletes etc.; outro ponto importante é não deixar cair pelo ralo da pia restos de alimentos e não fazer ou permitir que se faça escoamento da água de chuva pela rede de esgoto”.


whatsapp varginha digital noticias

Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores
logo varginha digital

Varginha Digital
Notícias de Varginha e região direto no seu celular.
Informação com credibilidade, Varginha em um clique!

1 COMENTÁRIO

  1. Está certo que parte ou maioria da população não faz certo os descarte dos materiais.
    Mas vim colocar culpa na população já é muito.
    Falta de manutenção e serviços mal feitos pelos terceirizados ela nem mencionado.
    Vergonhosa essa nota da COPASA valor da multa é bem baixa do que cobram de nós de Taxa de Esgoto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome