Banco de sangue precisa de doações para o feriado de carnaval

Sangue
Foto: ilustração

Em Varginha as coletas de sangue são feitas na Policlínica Central, às sextas-feiras.

No período de festas, como o carnaval, as pessoas se concentram na folia e nas viagens, e deixam de doar sangue. O resultado é uma queda significativa no número de doações de sangue.

E é exatamente neste período que aumentam os acidentes de trânsito e a violência e, consequentemente, a necessidade de sangue nos hospitais

Por isso o Hemocentro de Varginha pede doações de de sague, de todos os tipos. Em Varginha as coletas de sangue são feitas na Policlínica Central, às sextas-feiras.

É preciso fazer agendamento prévio feito pelo telefone 3690-2297 de terça a quinta-feira, das 7h às 11h, ou pessoalmente. A Policlínica Central fica na R. Santa Catarina, s/n – Centro.

Como funciona a doação

Doando sangue você pode salvar até quatro vidas, visto que o sangue doado é fracionado em quatro bolsas.

A doação de sangue não causa nenhum prejuízo para o doador. É totalmente segura. E o sangue que você doa é reposto em poucos dias pelo seu organismo. A doação dura poucas horas.

Para doar é preciso

  • Ter entre 16 e 69 anos de idade. Jovens de 16 e 17 anos só poderão doar se acompanhados do responsável legal ou portando autorização formal com assinatura e xerox do documento do responsável. Pessoas com 61 anos ou mais só poderão doar se tiverem realizado pelo menos uma doação anterior (levar comprovante no dia da doação);
  • Ter e estar com boa saúde;
  • Ter dormido bem na noite anterior à doação;
  • Ter se alimentado, não estar em jejum;
  • Pesar mais de 50 Kg;

Não pode

  • Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;
  • Não ter sido exposto à situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;
  • Não ter se submetido a exame de endoscopia, colonoscopia, broncoscopia, fibronasoscopia ou ortroscopia nos últimos 6 meses;
  • Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses e piercing nos últimos 6 meses;
  • Não estar grávida ou em período de amamentação;
  • Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;

Atenção

  • Para a mulher a menstruação ou o uso de pílula anticoncepcional não impedem a doação;
  • O uso de medicamentos deve ser informado;
  • Outras condições que também podem impedir a doação serão avaliadas na triagem clínica;
  • Quem tomou a vacina de Febre Amarela deve aguardar 30 dias para fazer doação de sangue.

Tempo entre doações

  • Homens podem fazer até 4 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 2 meses (60 dias) entre uma doação e outra.
  • Mulheres podem fazer até 3 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 3 meses (90 dias) entre as doações;

Documentos exigidos

É obrigatória a apresentação, no ato da doação, de documento original de identidade com foto, dentro do prazo de validade, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Trabalho, Habilitação, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista).

  • Ter entre 18 e 65 anos de idade
  • Pesar mais de 50 quilos
  • Ter dormido pelo menos 6 horas
  • Não estar em jejum
  • Não ter ingerido bebida alcoólica antes da doação
  • Se mulher, não estar grávida, amamentando ou ter tido parto ou aborto há pelo menos 3 meses
  • Não estar com febre, gripe ou resfriado
  • Não ter recebido transfusão de sangue nos últimos dez anos
  • Não ter antecedentes de hepatite, doença de Chagas ou sífilis
  • Não ter comportamento de risco para Aids: ser usuário de drogas injetáveis, ter hábitos homossexuais ou bissexuais ou ter vários parceiros sexuais
  • Aguardar o prazo de um ano depois de fazer tatuagem ou colocar piercing antes de doar

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome