Cemig trabalha para solucionar falhas registradas em Varginha

As falhas no fornecimento de energia da Cemig foram registradas também em Elói Mendes.

Nas últimas a Cemig registrou várias falhas no fornecimento de energia nos bairros Parque Mariela, Campos Elíseos, Parque do Retiro, Vila Mendes (parcial), Fátima (parcial) e adjacências.

Também foram registradas interrupções na rede elétrica nos bairros Belo Horizonte, Vale das Palmeiras e Jardim Bouganville. Falhas de curtíssima duração (piques) aconteceram ainda em alguns pontos da cidade, como no Bairro Centenário e adjacências.

Segundo a gerente de Manutenção e Serviços da Distribuição de Varginha, Denise Araújo Faria,  as variações de tensão e desligamentos registrados recentemente tiveram causas distintas. “Nossas equipes estão mobilizadas, realizando uma série de análises e ações de forma a identificar as causas e reduzir as ocorrências”, informa Denise.

As ocorrências também atingiram parte do município de Elói Mendes, uma vez que os  consumidores da cidade estão ligados em um mesmo circuito de distribuição (alimentador) de alguns bairros de Varginha.

Para minimizar estas ocorrências, foram realizadas inspeções com câmeras termográficas em toda a extensão deste circuito visando detectar aquecimento anormal ou mau contato das conexões.  Também foram feitos ajustes e substituídos equipamentos de proteção da rede, além da recomposição de dois vãos de cabos neutros.

“As condições operativas deste alimentador deverão melhorar significativamente a partir da entrada em operação de uma nova subestação de energia que está sendo instalada pela Cemig na cidade de Elói Mendes. As obras, que já estão bem adiantadas, serão concluídas no segundo semestre deste ano”, explica Denise.

Para solucionar as interrupções no fornecimento de energia a Cemig realizou a modificação de ramais e alteração na coordenação de dispositivos de proteção para promover a melhoria do desempenho do sistema elétrico.

Já os piques de energia na região do bairro Centenário acontecem por causa das obras de ampliação da subestação Varginha 2, que vai duplicar sua capacidade de 25 para 50 MVA, beneficiando diretamente cerca de 10 mil consumidores varginhenses.

A ampliação da subestação envolve obras complexas,  incluindo a  instalação de mais um transformador. Também estão sendo readequadas as saídas dos circuitos de distribuição (alimentadores) para melhor aproveitamento da nova capacidade  de carga.

“Pedimos a compreensão da população, pois, apesar de eventuais desconfortos temporários, as obras que estão sendo realizadas trarão benefícios importantes para Varginha, Elói Mendes e região”, finaliza explica Denise.

Veja mais Notícias de Varginha.

Acompanhe também pelo Facebook Varginha Digital e pelo Instagram Varginha Digital.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome