Confira o trabalho da Fundação Cultural e conheça os projetos para 2021

Publicidade

A Fundação Cultural está investindo em reformas de prédios e compra de equipamentos.

A equipe do Varginha Digital esteve na Fundação Cultural para conversar com o seu novo diretor-superintendente, Marquinho Benfica, que contou todas as novidades e planos para a área cultural de Varginha em 2021.

E são muitos planos mesmo, entre reformas de prédios municipais, lançamentos de livros, projetos culturais. Confira:

Theatro Capitólio

Construído em 1927, o Theatro Capitólio é um ícone histórico e cultural de Varginha. O prédio passou por sua última reforma há 10 anos.

E 2021 começou com uma grande reforma do prédio que está no coração do centro de Varginha. Com um investimento de R$ 534 mil e previsão de duração de seis meses, a reforma conta com várias ações, como a substituição do sistema elétrico para suportar equipamentos de som e iluminação mais modernos.

Publicidade

A ideia é triplicar a capacidade do sistema elétrico. Também será feita a recuperação da pintura interna e externa, tratamento do piso de madeira e dos ladrilhos hidráulicos. “Vamos revitalizar, é preciso frisar isso. É um serviço artesanal, feito um por um“, ressalta Marquinho.

Será feita ainda a manutenção das janelas, portas, cortinas, tapetes e cadeiras da plateia. Essa revitalização é muito importante para a manutenção da estrutura contra infiltrações e o desgaste natural do tempo.

O lustre, que é um dos grandes destaques do teatro, também passará revitalização. “As lâmpadas daquele lustre maravilhoso serão trocadas por led. As atuais lâmpadas halogenas esquentam muito o ambiente, gastam muito e estão queimando a fiação“, explicou o diretor-superintendente da Fundação Cultural.

Outra mudança, que é mais uma inovação, é o projeto de colocar um ar central no prédio. A ideia é que a instalação seja feita de uma forma que as pessoas não vejam o equipamento. Além de ser confortável para quem está no prédio, o equipamento ajuda a conservar o patrimônio.

O valor deste ar é quase o valor da reforma toda. De acordo com Marquinho, a Fundação Cultural ainda não dispõe desta verba, mas há planos de buscar em Brasília. Para instalar este tipo de equipamento seria preciso mais ou menos R$ 800 mil reais.

5ª da Boa Música

O 5ª da Boa Música é um dos grandes projetos de sucesso da Fundação Cultural de Varginha. Contabilizando cerca de 40 apresentações por ano, a 5ª, como é cariosamente chamada, se renovou durante a pandemia da Covid-19 que atingiu o mundo em 2020.

Com o formato de lives, o projeto começou tímido, com transmissões da casa dos músicos e ganhou forma ao longo do ano, como profissionalização, compra de equipamentos como webcam full HD, resultando em apresentações com muito mais qualidades para os fãs de música.

O 5ª da Boa Música tem suas lives são retransmitidas pelo Facebook do Varginha Digital. A previsão é que após a reforma do Theatro Capitólio as lives sejam feitas lá.

No momento, devido ao aumento dos casos de coronavírus em Varginha, as apresentações das lives foram suspensas.

A Fundação Cultural faz o cadastro o ano todo das bandas interessadas em se apresentar no 5ª da Boa Música. A partir de 2019, ele passou a ser feito unicamente pela internet por meio do site www.fundacaoculturaldevarginha.com.br/cadastrodebandas.

Por este endereço é possível obter todas as informações sobre o que é oferecido de estrutura e há um formulário bastante simples que deve ser preenchido pelo responsável.

Qualquer dúvida pode ser tirada pelo e-mail [email protected], pelo telefone (35) 3690-2705 ou ainda pelo WhatsApp (35) 3690-2700. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h às 11h30 e das 13h às 17h.

Publicação de livros

Em 2021 a Fundação Cultural vai publicar As Crônicas do historiador e jornalista Nico Vidal, reunindo textos escritos por Nico sobre fatos da história da cidade. A previsão de lançamento é entre março e abril de 2021.

Também está “no forno” o livro Atas da Câmara Municipal 1916-1920, do historiador José Roberto Sales, que apresenta a transcrição integral, com atualização ortográfica das atas das reuniões da Câmara Municipal de Varginha, com base no “Livro das Atas 1916-1920”, período da segunda fase da Primeira República, chamada de República Oligárquica. A publicação está prevista para os meses de março e abril de 2021.

Rádio Melodia

A Fundação Cultural também está fazendo melhorias na Rádio Melodia, como compra de equipamentos e mobiliário, além de revitalização na fachada.

A melhorias nas instalações visam dar mais conformo para os servidores e convidados dos programas. Também será restaurado o transmissor da rádio, que está em processo avançado de deterioração.

O Estúdio 3 também está em reforma, para possibilitar a transmissão de lives do Programa Bola na Rede e também do Jornal do Cidadão.

Balanço de ações da Fundação Cultural de 2017 a 2020

Estação Ferroviária

  • 156 edições do projeto 5ª da Boa Música;
  • Instalação de câmeras de segurança na Estação Ferroviária;
  • Parceria com a Guarda Civil Municipal e Polícia Militar durante os shows do 5ª da Boa Música;
  • Criação do Cedoc – Centro de Documentação Histórica da Fundação Cultural para acondicionar adequadamente o acervo Nico Vidal e de outros registros históricos de Varginha;
  • Andamento do AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros da Estação Ferroviária

Feiras

  • 6 feiras de artesanato no período que antecede o Dia das Mães e o Natal;
  • 3 feiras literárias;
  • 3 exposições de orquídeas na Estação Ferroviária.

Museu Municipal e Biblioteca Pública

Visitas no Museu Municipal

  • 2017: 2.332 pessoas;
  • 2018: 3.088 pessoas;
  • 2019: 4.794 pessoas;
  • 2020: 546 pessoas.

Empréstimos de livros na Biblioteca Pública

  • 2017: 6.106 livros;
  • 2018: 5.661 livros;
  • 2019: 6.615 livros;
  • 2020: 2.086 livros.
  • Criação do projeto Visite o Museu no 1º Domingo do Mês com a realização de 25 espetáculos infantis entre agosto de 2017 e 2019;
  • Comemoração dos 20 anos do Museu Municipal com lançamento de 4 selos comemorativos;
  • Realização do projeto Férias no Museu e na Biblioteca em 2019;
  • Revitalização do Casarão Mariana Figueiredo Frota, como troca do telhado e pintura, além dos expositores e salas de exposição;
  • Instalação de Câmeras de Videomonitoramento no Museu e na Biblioteca;
  • Disponibilização de acervo em braile por meio de uma parceria com a Fundação Dorina Novill;
  • Criação do Espaço Literário Cicero Acaiaba, com um expositor de autores varginhenses;
  • Lançamento de livros e exposições temáticas;
  • Oficinas literárias e de artesanato.
  • Oficinas de teatro do projeto Cara de Palco para alunos de escolas públicas;

Publicações

  • Varginha (MG) na República Oligárquica: Atas da Câmara Municipal 1915-1916;
  • Varginha (MG) na República Oligárquica: Atas da Câmara Municipal 1910-1915;
  • Varginha (MG) na República da Espada: Atas do Conselho de Intendência (1890-1892) e do Conselho Distrital (1893-1894);
  • Atas da Câmara Municipal de Varginha (MG) no Brasil Império 1882-1889;
  • 2 edições do informativo Varginha Cultural;
  • 3 edições do Calendário Anual;
  • Cartilha “Cozinha das Geraes: sabores segredos e tradições”;
  • Cartilha “Patrimônio Histórico – Varginha: nossa história, nosso presente”;
  • Livro “Fotografias”;
  • 96 cartões-postais, divididos em 4 edições, com imagens antigas de Varginha, prédios tombados e fazendas e capelas inventariadas pelo Patrimônio Cultural;
  • 3 edições do livro Estação dos Versos, com poesias de autores varginhenses.

Rádio Melodia FM

  • Melhorias na Rádio Melodia, como compra de equipamentos e mobiliário, além de revitalização na fachada.

Lei Aldir Blanc

  • Aprovação de 146 propostas, beneficiando 258 artistas e profissionais do setor cultural de Varginha com recursos da lei federal de emergência cultural.

Educação Patrimonial

  • Elevação da pontuação de Varginha no ICMS Patrimônio Cultural de 8 para 16,72 pontos;
  • Restauração da Deusa Vênus;
  • Realização de projetos nas escolas;
  • Tombamento das imagens sacras da Igreja Matriz do Divino Espírito Santo;
  • Tombamento do retabulo da Fazenda Figueira. 

Folia de Reis

  • 4 encontros realizados na Concha Acústica e Missa de Ação de Graças na Igreja Matriz
  • 1 encontro (2021) realizado por lives no Facebook e YouTube Varginha Cultural.
  • Auxílio anual para as Companhias de Reis para manutenção desta tradição na cidade.

Theatro Capitólio

  • Mais de 300 apresentações artísticas no Theatro Capitólio
  • Compra de equipamentos de sonorização
  • Conclusão do processo licitatório para execução em 2021 da reforma, com a troca na rede elétrica, na pintura do prédio.
  • Emissão em 2020 do AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.
  • Realização de shows com artistas consagrados no cenário nacional por meio da parceria com o projeto Na Rota da Boa Música em 2017 e 2019.

Estação Cidadania (antiga PEC), no bairro Jardim Estrela

  • Reativação das atividades culturais na PEC;
  • Reparação no sistema elétrico.

Lei Municipal de Incentivo à Cultura

  • 2017: 17 projetos
  • 2018: 18 projetos
  • 2019: 18 projetos
  • 2020: projetos prorrogados até junho/2021 por conta da pandemia

Veja também

Siga-nos no Google News

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui