Goleiro Bruno presta serviços no Corpo de Bombeiros de Varginha

O goleiro Bruno, que está cumprindo pena no Presídio de Varginha pela morte de Eliza Samúdio, está prestando serviços de campina e limpeza dos ambientes do Corpo de Bombeiros de Varginha.

O corpo de Bombeiros de Varginha solicitou Bruno para o serviço, conforme a defesa do goleiro, o próprio Bruno se ofereceu para o trabalho. Bruno estava dando aulas de futebol para as crianças no NUCAP (Núcleo de Capacitação para a Paz), que atente familiares dos detentos, mas as aulas foram suspensas há dez meses por falta de repasse de verbas. Por conta disso, a defesa de Bruno solicitou o trabalho no Corpo de Bombeiros para o goleiro não ficar ocioso e continuar trabalhando para a remissão da pena. A defesa de Bruno tem a expectativa que ele possa progredir para o regime semiaberto em agosto deste ano.

O Corpo de Bombeiros e o sistema prisional tem uma parceria e segundo a acessoria de imprensa do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), Bruno foi remanejado por conta de uma mudança no projeto onde ele estava trabalhando.

Bruno está no presídio de Varginha a 1 ano. Ele voltou para a prisão pouco depois de ser contratado pelo Boa Esporte e chegou a jogar algumas partidas no Campeonato Mineiro de 2017.

Comente e Compartilhem!

Veja mais em Notícias de Varginha

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome