Polícia prende homem que se passava por médico socorrista em Varginha

Publicidade

O homem que se passava por médico socorrista foi preso por exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica.  

A Polícia Militar prendeu na última terça-feira, 28, um homem de 20 anos por se passar por médico socorrista em Varginha. Ele estava trabalhando há dois meses em uma empresa de remoção hospitalar. A Polícia Civil ratificou a prisão do homem por exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica.

De acordo com a Polícia Militar, o dono da empresa desconfiou do funcionário ao consultar a documentação do funcionário contratado, e descobriu que ele presta serviço na cidade de Ponte Nova, a 400 quilômetros de Varginha. O proprietário desconfiou e acionou a polícia.

Os policiais localizaram duas carteiras de identidade com o mesmo nome, porém com numeração de registro e CPF diferentes. Também foram encontrados com ele outros documentos, cartões, dinheiro, instrumentos médicos e blocos de receita de médico lotado em outra cidade.

Ele ainda teria atuado em uma festa em um clube de Varginha que reuniu mais de cinco mil pessoas, no último final de semana. O jovem foi preso e levado com o material apreendido para a delegacia.

Publicidade

Veja mais notícias no Varginha Digital

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui