Hotel em Varginha utilizado pelo Boa Esporte é interditado

Após uma vistoria de fiscalização o hotel foi interditado por risco iminente.

O hotel em Varginha utilizado para hospedar os jogadores do Boa Esporte foi interditado nesta quarta-feira, 13. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, após uma vistoria de fiscalização o prédio foi interditado por risco iminente.

Durante a vistoria foram encontradas fiação elétrica exposta em vários pontos do prédio, portas das rotas de fugas trancadas ou parcialmente obstruídas, extintores vencidos ou descarregados, sistema de alarme de incêndio inoperante, sinalização e iluminação de emergências parcialmente instaladas, ausência de corrimãos nas escadas, guarda-corpos em desacordo e largura de acessos inferior ao aprovado.

Além das irregularidades supracitadas, foram observados, durante a vistoria, vários materiais combustíveis acondicionados próximo ao telhado, local em que apresentava fiação exposta.

Outra irregularidade foi em relação a central de GLP, que estava próximo a rua e em local confinado, aumentando assim o risco de acidentes e consequente abalo estrutural da edificação.

O prédio possuía um processo de segurança contra incêndio e pânico aprovado em análise em 2005 e não possuía Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Para regularização e desinterdição junto ao CBMMG, os responsáveis pelo prédio deverão atualizar o projeto de segurança contra incêndio e pânico e, após a sua aprovação, executar todas as medidas preventivas previstas, solicitando a vistoria de liberação em seguida. Aprovadas as medidas de segurança nesta vistoria, a edificação recebe o AVCB e a consequente desinterdição.

Os responsáveis foram orientados quanto às implicações no caso do descumprimento da sanção.

Na manhã de hoje, 14, a Prefeitura de Varginha divulgou um comunicado oficial sobre a questão. Veja na íntegra:

“A Prefeitura de Varginha vem a público esclarecer que, com a interdição do prédio localizado na Avenida Princesa do Sul, 28, anteriormente utilizado como Hotel, que hoje hospeda os atletas do Boa Esporte,  os jogadores já foram transferidos para o Hotel Fenícia. As despesas correrão por conta do proprietário do imóvel interditado, inclusive das adequações necessárias para a regularização do imóvel,  conforme exigências do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. “

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome