Inflação em Varginha registra alta de 1,78% em janeiro

Publicidade

Gastos com educação puxaram a alta da inflação em Varginha no mês de janeiro.

Varginha registrou alta de 1,78% na inflação do mês de janeiro comparado com dezembro de 2021. O estudo que mede a inflação é composto por 5 grupos de gastos: alimentação, habitação, transporte, educação e comunicação.

A educação foi o item que puxou a inflação para cima, devido a elevação média de 7,76% por causa dos reajustes de mensalidades escolares, que geralmente ocorrem nos primeiros meses do ano.

Já a alimentação teve alta de 2,54%. Os destaques de alta foram os preços batata, alface, alho e feijão carioquinha. As maiores quedas nos preços médios ocorreram com o tomate, açúcar refinado, carne suína e arroz.

Não podemos esquecer do transporte, que voltou a ter alta em seus valores médios (1,41%) ocasionado pela alta do diesel e da gasolina advinda da valorização internacional do petróleo. Não houve nenhum produto com queda nos preços médios neste grupo.

Publicidade

Por outro lado, a habitação registrou queda de -0,85%. Os itens de limpeza em geral da residência demonstraram alta média de 1,49%. Já os produtos de higiene pessoal e gás de cozinha tiveram quedas de -2,07% e -1,39%, respectivamente.

A comunicação apresentou queda de -1,44% ocasionada pela diminuição na média dos preços dos planos básicos de internet, outros componentes deste grupo não apresentaram variação.

Os resultados da pesquisa de janeiro demonstram que três grupos apresentaram alta e dois tiveram queda nas médias dos preços de seus componentes.

A realidade da inflação geral em Varginha segue muito de perto o que ocorre no Brasil. A última ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central destacou que “a inflação ao consumidor segue elevada, com alta ocorrendo em vários componentes, e sendo mais persistente do que o esperado”. Isso pode indicar a possibilidade de novos aumentos na taxa de juros básica. Porém, somente as ações da política monetária não estão sendo suficientes para o combate à inflação. Outras políticas precisam ser pensadas a fim de incentivar o aumento e recuperação da produção e da disponibilidade interna dos gêneros alimentícios e também na condução dos preços dos combustíveis a fim de minimizar os efeitos no orçamento das famílias assalariadas.

A pesquisa completa pode ser acessada clicando aqui.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui