Com mais de 100 internados, Varginha tem 95% da ocupação de leitos CTI para Covid

hospital de campanha varginha
Hospital Campanha de Varginha. Foto: Prefeitura de Varginha
Publicidade

Esse é o maior número de pacientes internados na CTI para Covid-19 desde o início da pandemia.

Neste sábado, Varginha chegou a triste marca de 101 internações de pacientes infectados com Covid-19, sendo 44 em CTI e 57 em enfermaria. Esse é o maior número de internações registradas desde o início da pandemia.

É importante lembrar que são leitos do SUS, por isso além dos varginhenses, as vagas hospitalares também são disponibilizadas para pacientes de outras regiões. A ocupação dos leitos de CTI Covid está em 95%.

Publicidade

Além do alto número de internações, o número de testes positivos para a Covid-19 não para de crescer: somente neste sábado, 29, foram 144 casos. O que mostra que em pouco tempo a cidade pode entrar em colapso na saúde.

Outra informação muito importante, que precisa ser destacada, é o aumento dos casos positivos em crianças. Até o fechamento desta matéria, os números de infectados, contabilizando de 0 a 19 anos chegou a 911 casos, sendo:

Com menos de 1 ano: 21 testagens positivas para Covid-19
Entre 1 a 4 anos: 129 testagens positivas para Covid-19
Entre 5 e 9 anos: 128 testagens positivas para Covid-19
Entre 10 e 19 anos: 633 testagens positivas para Covid-19

Até o fechamento desta matéria Varginha já tinha registrado 10.708 casos de coronavírus. Já foram vacinados 29.941 pessoas, sendo que 17.003 aguarda a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Como se prevenir contra o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  1. Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  2. Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  3. Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  4. Ficar em casa quando estiver doente.
  5. Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  6. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Fonte MS

Todas as informações sobre o coronavírus podem ser esclarecidas pela Secretaria de Saúde, evitando informes não oficiais. Relacionamos abaixo, orientações básicas e importantes para o controle da doença.

Secretaria Municipal de Saúde
Setor de Epidemiologia/Atenção Básica
Falar: com Paula – Patrícia – Roseane

Setor de Epidemiologia: 3690 – 2215
Atenção Básica: 3690 – 2072
Celular de Plantão: 9.8469 – 1901 e 9.8464 – 8170

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome