Macaco encontrado morto em Varginha tinha febre amarela

A vacina contra a Febre Amarela está disponível em todas as Unidades de Saúde

O macaco encontrado morto em 25 de maio,  nas proximidades da Fazenda Santa Clara dos Tachos, tinha febre amarela. A confirmação da doença foi divulgada hoje, 18, pela Secretaria Municipal de Saúde/Epidemiologia/Setor de Zoonoses de Varginha.

Com este resultado, as ações de controle da Febre Amarela e das Epizootias serão novamente intensificadas.

As pessoas que ainda não se vacinaram, perderam o cartão e/ou desconhecem o seu status vacinal devem procurar a Unidade de Saúde mais próxima para regularizar o cartão de vacina.

A vacina contra a Febre Amarela está disponível em todas as Unidades de Saúde que realizam vacina, é gratuita e faz parte do calendário básico.

Pessoas que vão viajar para onde há casos da doença em humanos ou circulação do vírus entre animais (macacos), e para as áreas internacionais, devem tomar a vacina com dez dias de antecedência, para que o organismo tenha tempo de produzir anticorpos.

Para as viagens internacionais é necessário o registro da vacina contra Febre Amarela no Certificado Internacional de Vacinação.

Todas as dúvidas em relação à vacina poderão ser esclarecidas nas Unidades de Saúde do município.

É importante lembrar sempre que os macacos não transmitem a febre amarela para o homem e não são os responsáveis pela transmissão da doença. Eles são indicadores importantes para a vigilância da febre amarela.

Veja mais Notícias de Varginha.

Acompanhe também pelo Facebook e Instagram do Varginha Digital.

Quer receber as notícias do Varginha Digital por Whatsapp? Mande uma mensagem para (35) 9 9130-0597.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome