Morador de rua é encontrado morto no bairro Jardim Ribeiro, em Varginha

Publicidade

A causa da morte do morador de rua não foi identificada.

Foi encontrado morto, na manhã desta terça-feira, 27, um morador de rua no bairro Jardim Ribeiro em Varginha. A causa da morte ainda não foi identificada, mas não havia sinais de violência.

De acordo com informações da Prefeitura, o homem foi identificado como Geraldo de Souza, 47 anos, natural de Conceição do Castelo-ES, etilista, estava em situação de rua no Município desde 2016.

Ele era acompanhado pela rede pública de saúde e pela rede socioassistencial de atendimento às pessoas em situação de rua.

Geraldo estava acolhido no Abrigo Institucional até final de janeiro de 2021, quando não aceitou mais permanecer no local. Era abordado diariamente pela equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social no Bairro Ribeiro, com oferta de atendimento diurno no Centro POP e acolhimento e/ou pernoite no Abrigo Institucional, mas sempre recusava, preferia ficar no local onde realizava alguns trabalhos informais em locais de construção, recolhia reciclagem, e criou um vínculo nas proximidades do local onde estava dormindo.

Publicidade

Tem histórico de convulsões, internações, feridas, traumas de agressões físicas, altas médicas hospitalares, e atendimento médico, mas não fazia o tratamento medicamentoso necessário.

Foi vacinado contra COVID-19 pela equipe de saúde, acompanhado da equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social do Centro POP no dia 13/07/2021.

O corpo foi encaminhado para a perícia. Polícia Civil irá realizar a necropsia do corpo para identificar se a morte pode ter sido por hipotermia.

Nesta terça, 27, a Prefeitura divulgou uma nota informando que vai intensificar as ações de proteção para a população em situação de rua em Varginha.

A ronda diária, que é efetuada pela equipe do Centro POP – Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua, terá o horário estendido temporariamente, principalmente durante o período noturno, aumentando o número de abordagens sociais.

O Abrigo Institucional Municipal, funcionará diuturnamente, e estará devidamente preparado com estrutura física, ofertas de alimentação, cobertores, roupas, dentre outros, para acolhimento deste público extra.

Durante o dia, também será ofertado estrutura máxima através do Centro POP – Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua, com alimentação e atendimentos especializados.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui