Mulheres na Política: Câmara de Varginha promove debate sobre o assunto

Publicidade

No Brasil ainda temos poucas mulheres na política: apenas 12% das prefeituras, 15% do congresso nacional e não chegam a ocupar 4% dos governos estaduais.

De acordo com dados do TSE, as mulheres representam 52% da população brasileira, mas ocupam apenas 12% das prefeituras, 15% do congresso nacional e não chegam a ocupar 4% dos governos estaduais. Ainda de acordo com o órgão público, apesar de ser a maioria do eleitorado, o número de candidatas (33,6%) é quase a metade do número de candidatos homens (66,4%).

Diante das eleições deste ano e da análise da participação das mulheres na política, a Câmara Municipal de Varginha, por meio do projeto Parlamento Mulher, realizará na sexta-feira, 8 de julho, o Primeiro Encontro Mulheres na Política, com o intuito de inserir, cada vez mais, as mulheres no ambiente político.

“O projeto Parlamento Mulher existe há pouco mais de um ano e vem conquistando cada vez mais espaço na Casa Legislativa, incentivando e oferecendo debates sobre diversos temas voltados para elas”, destaca Gleison Marques, diretor da Escola do Legislativo.

O evento, aberto à população varginhense e região, contará com a participação de duas mulheres atuantes na área, a professora universitária, advogada e mestre em gestão pública, Alessandra Aparecida de Souza, que abordará o tema “A Participação da Mulher na Política”, com uma análise histórica e contemporânea e, também, a Prefeita de São Gotardo MG, Denise Abadia Pereira Oliveira, que compartilhará sua trajetória pessoal e política, representando os 12% das mulheres que conquistaram um cargo público nas últimas eleições. Prefeitas, vereadores e representantes de outras cidades da região também foram convidadas a participar do evento que vai acontecer no plenário da Câmara a partir das 13h e que terá ainda transmissão ao vivo pelas redes sociais do Legislativo.

“É importante que estes debates e reflexões aconteçam, não só aqui na Câmara de Varginha como em outros lugares. Trazer sempre uma figura da área, especialista e atuante no assunto, para de fato representar e oferecer experiências, pode servir de inspiração para outras mulheres”, finaliza Gleison Marques.


Publicidade

Veja mais notícias no Varginha Digital

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui