Partido dos Trabalhadores de Varginha recompõe diretório e elegerá nova diretoria

Partido dos Trabalhadores de Varginha recompõe diretório e elegerá nova diretoria com objetivo de fortalecimento da Federação PT/PV /PCdoB. 

Reunidos na última quinta-feira, 10, na sede do SINTTEL em Varginha, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Varginha definiu a nova composição do partido e marcou para o próximo dia 23 uma reunião deste novo diretório que definirá a nova diretoria executiva do partido, que tem como um dos objetivos a condução do processo eleitoral do ano que vem, juntamente com os outros dois partidos que compõem a federação.

Publicidade

Desta forma, a federação partidária já tem data marcada para iniciar as conversações com os partidos. Segundo o PT, dia 01 de setembro, os três partidos deverão se reunir para iniciar essas conversações. Durante o encontro do SINTTEL, definiu-se que o PT ainda não vai apresentar, por enquanto, os nomes dos possíveis candidatos (as) antes de ter formalizado a proposta de governo, cujo tema será a base das propostas políticas dos candidatos a prefeito, vice e vereadores.

A Federação ainda não tem pré-candidatos, mas nomes e propostas poderão ser sugeridos durante este primeiro encontro oficial do dia 01 de setembro, acompanhando a ideia de diversidade, pluralidade política e empoderamento das mulheres e minorias, proposta pelo presidente Lula neste seu terceiro mandato.

Independente de nomes petistas, nas eleições do ano que vem, é muito forte a tendência do partido de indicar mulheres para a disputa majoritária. Essa tese ganhou força desde a plenária realizada na Câmara Municipal, em 08 de julho passado. Propostas como implantação do PROJETO TARIFA ZERO no transporte coletivo, implantação dos restaurantes populares (dinheiro que estava na conta da PMV e que foi devolvido pelo ex-prefeito ANTONIO SILVA), projetos de educação inclusiva e em tempo integral – além de propostas de humanização dos atendimentos de saúde.

Partido dos Trabalhadores de Varginha

Texto de Jorge Marçal Jr., jornalista, professor e membro do diretório Municipal do PT de Varginha.