Polícia Militar de Varginha apreende um menor suspeito de colocar fogo em ônibus

Outros dois suspeitos de atear fogo no ônibus da Autotrans no domingo (3) estão sendo procurados pela Polícia Militar.

De acordo com informações da Polícia Militar, o motorista de um ônibus que circulava no bairro Carvalhos em Varginha foi rendido pelos bandidos com uma faca e os passageiros foram obrigados a descer do ônibus. Os bandidos atearam fogo no coletivo e fugiram em seguida.

Ônibus da Autotrans incendiado em Varginha

A Polícia Militar conseguiu apreender um menor em um ponto de ônibus, em posse de combustível. Quando ele viu a viatura da polícia tentou fugir. Outros dois suspeitos estão sendo procurados.

Em entrevista ao Varginha Digital o Capitão da PMMG Alexandre Milhomem disse que estão sendo feitas investigações sobre a autoria do atentado. Uma linha de investigação é se a ação foi a mando de uma facção criminosa. “Há a informação de uma provável ordem, de uma possível facção criminosa que teria mandado que os ataques ocorressem em vários municípios. Mas tudo está em investigação para sabermos realmente de onde veio a ordem, se é uma facção ou não é. Estamos investigando”, ressalta o Capitão.

Desde domingo, 3, circulam nas redes sociais áudios e um comunicado, creditados à facção criminosa que teria ordenado os ataques.

“Nós contamos com a colaboração da população no sentido de fazer denúncias de pessoas que possam cometer este tipo de delito, ligando no 190 ou 181 denunciando, para nós tomarmos todas as providências e permitir que a tranquilidade continue no município”, solicita o Capitão Milhomem.

Veja a notícia completa sobre os ataques aos ônibus coletivos no Sul de Minas.

Veja mais Notícias do Sul de Minas.

Acompanhe também pelo Facebook Varginha Digital.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome