Prefeito Verdi se posiciona contra o valor do pedágio que será instalado entre Varginha e Três Corações

Publicidade

O Prefeito de Varginha se posicionou contra o valor do pedágio na Rodovia 491 que dá acesso a Fernão Dias, Verdi pretende dialogar com Zema.

O prefeito de Varginha Vérdi Melo concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 31, para se posicionar sobre o valor do pedágio que o Governo de Minas pretende implantar na Rodovia 491 – trecho que liga a cidade até à BR 381 – Fernão Dias.

Vérdi foi enfático ao afirmar que o valor proposto de aproximadamente R$ 14,00 é absurdo e irá afetar a população e a economia local, já que pelo trecho passam diariamente cerca de 20 mil veículos, a maioria de carga.

Publicidade

O prefeito defende o diálogo com o Governo Mineiro. “Já estive com o governador Zema por duas vezes, nós estamos trabalhando não é de hoje nessa questão; estamos apresentando propostas para tentar amenizar essa conta; não sou contrário à privatização e ao pedágio, mas esse valor é fora da nossa realidade”, diz Vérdi.

A Prefeitura de Varginha apresentou à Secretaria de Estado de Infraestrutura propostas como:

  1. a renúncia do repasse do ISSQN por parte dos municípios que margeiam a rodovia;
  2. fazer cadastro dos caminhões – que logicamente vão sofrer um impacto ainda maior com o pedágio; o município entraria com recursos para um aporte;
  3. aumentar o tempo da concessão de 30 anos para, por exemplo, 40 anos e esse investimento que a concessionária absorveria rapidamente, poderia ser diluído em um prazo maior.

As propostas logicamente tem que ter a contrapartida por parte do Governo Estadual para chegarmos a um valor que caiba na realidade”, explica Vérdi que também defende um valor fixo do pedágio e não com cálculos como está sendo proposto.

Vérdi adiantou que irá novamente conversar com o governador Romeu Zema, após o Carnaval quando abordará a diferença no valor de outras praças de pedágios como em Itajubá que é em torno de R$ 9,00.

Publicidade

Além desse valor absurdo, não há projetos de duplicação entre Varginha e a Rodovia Fernão Dias e da trincheira em frente ao Automóvel Clube – trecho que dá acesso a BR 381”, ressalta.

Finalizando, Vérdi disse que a impressão é que o Governo de Minas está muito tranquilo enquanto a nossa população está muito preocupada. “Quem vai aguentar isso?”, encerrou a entrevista coletiva ao lado do vice-prefeito Leonardo Ciacci, dos secretários municipais de Governo Honorinho Ottoni e de Desenvolvimento Econômico Cintia Silva e do vereador Dudu Ottoni.

Assista a coletiva de imprensa na íntegra

Publicidade