UBS no Jardim Colonial é inaugurada em Varginha

ubs varginha

A Prefeitura de Varginha inaugurou neste sábado (9) uma UBS (Unidade Básica de Saúde) no Jardim Colonial

Foi em clima de festa que a prefeitura de Varginha entregou no sábado, dia 09, a Unidade Básica de Saúde Farmacêutica Bioquímica “Regina Gomes Nunes da Silva“, construída no Bairro Jardim Colonial, parai atender um público estimado de 17 mil pessoas moradoras dos bairros Cidade Nova, Jardim Colonial, Jardim Itália, Jardim Renata, Nossa Senhora Aparecida, Parque Imperial, Jardim das Acácias, São Francisco, São Sebastião, Jardim Simões, Jardim Panorama e Vila Monteiro.

A obra, orçada em cerca de R$ 1 milhão, com contrapartida de R$ 400 mil do município, já está oferecendo diversos serviços, entre eles de ações de promoção da saúde, consultas médicas e de enfermagem, acompanhamento do pré-natal, atendimento e acompanhamento dos profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), imunização, dispensação de medicamentos, testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, curativos, retirada de pontos, aplicação de injeções, sondagem vesical, infusão de soros endovenosos, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança; coleta de exames de citopatológico de colo de útero (Papa Nicolau) e ofertas de mamografias e tratamento odontológico (são três consultórios odontológicos).

A inauguração da UBS no Jardim Colonial contou com a presença de autoridades locais e representantes da Comunidade.

Também a Dona Erminia Romanielo, ex-servidora do Hospital Bom Pastor, fez questão de participar da inauguração. Ela entregou uma cartinha ao Prefeito Antônio Silva, onde agradece a ele a sua equipe por terem olhado pelos moradores da região. “Quem cuida do povo tem amor no coração, obrigada por esta inauguração”, completou.

Em seu pronunciamento o secretário de Saúde, Mário Terra, enumerou uma série de conquistas para a saúde de Varginha desde 2013, dentre elas a inauguração de 08 novas Unidades Básicas de Saúde (Vila Mendes, Centenário, Monte Serrat, Jardim Laverna, Novo Tempo, Imaculada e agora Jd. Colonial). Isso mais a nova sede do Centro de Fisioterapia. Estamos trabalhando muito para atender a comunidade, explicou.

Em seu pronunciamento o prefeito Antônio Silva reconheceu o trabalho da secretaria de saúde, pelo comprometimento, e pelo enfrentamento do maior desafio das administrações que é atender bem a população. “Temos demandas crescentes e recursos escassos, a crise tirou cerca de R$ 60 milhões de Varginha, mas apesar disso Deus tem nos dado mais do que merecemos, conseguimos administrar mesmo com a crise e a queda de arrecadação. Aprendemos que é possível fazer do menos o mais e aqui estamos inaugurando esta UBS. Fico orgulhoso de entregar esta unidade de saúde modelo construída com dificuldades mas que hoje uma realidade“, disse o prefeito.

Participaram da inauguração os secretários de Governo, Carlos Honório Ottoni Júnior, de Administração, Sérgio Takeishi, de Planejamento, José Manoel, de Obras, Luiz Roberto Pinto (café), e de saúde, Mario Terra, além do Procurador Geral do município, Dr. Evandro Santos.

A Solenidade contou ainda com  uma singela homenagem à família da  Farmacêutica Bioquímica Regina Gomes Nunes da Silva, representada por seu esposo Raimundo Nonato da Silva e seus três filhos: Thiago, Marília e Gustavo

Quem foi Regina

Nascida em 05 de julho de 1956 em Ibatiba (ES), filha de Jothão Gomes de Barros e Clara Nunes de Barros, de uma família de 09 filhos, Regina Gomes Nunes da Silva mudou-se ainda criança para Manhuaçu, onde cursou o primário e secundário e o segundo grau.

Graduou-se no curso de Farmácia e Bioquímica pela UFJF – Universidade Federal de Juiz de Fora, onde colou grau especializando em análises clínicas e indústria.

Exerceu no Laboratório de Análises Clínicas Dr. Homero Soares Ramos, na cidade de Petrópolis – RJ, atividades nas áreas de bioquímica, microcospia, hematologia e Microbiologia, ocupando o cargo de responsável técnica e supervisora.

Casou-se em 1981 com Raimundo Nonato da Silva com quem teve três filhos: thiago, Marília e Gustavo. Regina mudou-se para Varginha em novembro de 1987, onde começou sua trajetória profissional trabalhando como farmacêutica responsável pela Droga Sion Ltda. Em 1990 foi admitida pela prefeitura de Varginha no cargo de bioquímica tendi exercido com integridade e competência a chefia do Laboratório Municipal, além da função de chefe do setor de apoio e diagnósticos.

Regina participou da 1ª Conferencia Municipal de Saúde do Sul de Minas – II Encontro de Administradores Hospitalares e II Encontro de Secretários e Diretores municipais como debatedora, na função de coordenadora de apoio e Diagnóstico de Varginha.

Especializou-se em terapia Floral pela Faculdade de Ciências da Saúde de Belo Horizonte. Durante sua estada no Laboratório municipal, aprimorou seus conhecimentos, fez mais de 40 cursos referentes a sua área de atuação laboratorial.

Nossa homenageada recebeu por vários anos, juntamente com sua equipe de funcionários, do Programa Nacional de Controle de Qualidade – ISSO 9001, a qualificação de excelente.

Regina faleceu em fevereiro de 2018, deixando saudade e uma bela história de vida confirmada como palavras de seus familiares, qual o tamanho de um homem que mede pela qualidade do seu esforço, estampado nas atitudes do dia a dia, em prol do bem-estar de um povo.

Voltar para a  Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome