Procon-MG interdita bombas em posto de Varginha

A fiscalização do Procon aconteceu após  reclamações de clientes.

Três bombas de gasolina do Auto Posto Central, em Varginha, foram lacradas nesta quinta-feira, 14 de junho, por ter 31% de álcool (etanol anidro) misturado à gasolina, quando a quantidade permitida atualmente é de 27%.  As bombas foram interditadas de maneira cautelar.

As três bombas estão conectadas a um tanque com capacidade de 30 mil litros. De acordo com o o Procon-MG no momento da fiscalização havia pouco mais de 4 mil litros no reservatório.

Para liberar as bombas o proprietário do posto terá que retirar os litros que estão no tanque e abastecê-lo novamente com combustível com mistura de gasolina e etanol dentro dos limites permitidos.

Após esta ação o dono do posto deverá solicitar uma nova análise ao Procon-MG.  Se estiver tudo certo, as bombas são liberadas.

Mesmo com as bombas liberadas, o posto continua sendo investigado no Processo Administrativo aberto pela Promotoria de Justiça. O Auto Posto Central está sujeito ao pagamento de multa.

Ainda segundo a Promotoria de Justiça, consumidores que se sentirem lesados podem, munidos de documentação, procurar o Juizado Especial ou o Procon Municipal.

Confira mais Notícias de Varginha.

Acompanhe também pelo Facebook e no Instagram do Varginha Digital.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome