Aumento de casos de síndrome gripal causa demora no atendimento da UPA

Publicidade

A Prefeitura de Varginha reativou três unidades de Síndrome Gripal para desafogar a UPA.

Que a Unidade de Pronto Atendimento – UPA está superlotada nos últimos meses, com prazo de até horas entre a triagem e o atendimento não é novidade. A causa é o aumento expressivo nos casos de síndrome gripal.

De acordo com a Prefeitura, na UPA é aplicado um plano de contingência que prioriza pacientes com condições clínicas mais graves. Nos últimos dias a unidade recebeu muitos com necessidade de internação, principalmente de síndrome gripal, sobrecarregando de forma importante sua estrutura.

A Prefeitura informou ainda que, nesse momento, não é possível estimar o tempo de espera por atendimento médico para pacientes em situação não emergencial.

Para desafogar a UPA foram reativadas três unidades de Síndrome Gripal nas UBSs Bom Pastor, Canaã e Santana:

Publicidade

Pronto Atendimento Síndrome Gripal Unidade Básica de Saúde (postinho) Bom Pastor
Endereço: Rua José Teixeira de Resende, s/n (altura do número 670) – Boa Vista
De segunda a sexta-feira das 15h às 21h
Sábados e domingos das 7h às 17h

Pronto de Atendimento Síndrome Gripal Unidade Básica de Saúde (postinho) Canaã 
Endereço: Avenida Estados Unidos, s/n, bairro Canaã
De segunda a sexta-feira das 15h às 21h
Sábados e domingos das 7h às 17h

Pronto de Atendimento Síndrome Gripal Unidade Básica de Saúde (postinho) Santan
Endereço: R. Xingu, 140 – Santana
Ainda não foi divulgado quando começará o funcionamento da unidade.

Neste período, demais atendimentos regulares/rotineiros nas Unidades de Saúde seguirão o horário especial de 7h às 15h.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui