Vereador cobra a manutenção da cota mínima do Lago de Furnas

Lago de Furnas
Lago de Furnas na região de Areado.

O pedido é para que o nível mínimo de água na represa de Furnas seja mantido.

O vereador varginhense Leonardo Ciacci solicitou, mais uma vez, a manutenção da cota mínima do nível de água de Furnas. O parlamentar reforçou o pedido para que o Governo de Minas, parlamentares federais, estaduais e entidades ligadas ao setor envidem esforços para manter o nível mínimo de água na represa de furnas.

Mesmo com o atual período chuvoso, o baixo volume do lago tem sido tema de diversas manifestações, principalmente nas redes sociais.

Em abril do ano passado, o vereador quando o parlamentar participou de uma audiência pública sobre o tema na Assembleia Legislativa de Minas e citou a questão.

De acordo Ciacci, dados técnicos mostraram que manter a quota mínima de 762 metros faz com que a água consiga atingir todas as cidades que margeiam o lago. “Varginha é o primeiro município localizado na cabeceira da represa de Furnas. Com o baixo volume de água, o comércio fica comprometido e o turismo sofre grande queda, não apenas em Varginha, mas em todos os municípios próximos banhados pelo lago, causando um prejuízo econômico muito grande para a região”, afirma o parlamentar.

Para o vereador, tal medida significará um grande desenvolvimento à região, aquecendo o turismo, a pesca, a criação de peixes, dentre outras atividades econômicas afins, aumentando significativamente a geração de emprego e renda. “Por isso cobramos das autoridades constituídas que além de investigar, tomem as medidas cabíveis para resolver o problema que tem afetado a nossa região”, disse o vereador.

Com informações Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Varginha.

Curta o Varginha Digital no Facebook e fique por dentro das melhores notícias de Varginha e Região. Varginha em um clique!

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome