Vereador pede explicações sobre esgoto despejado no Rio Verde

O vereador Marquinho da Cooperativa convidou os diretores da Copasa e da Cemig para usarem a Tribuna Livre.

O vereador Marquinho da Cooperativa pediu explicações sobre o esgoto que estaria sendo despejado no Rio Verde, em Varginha.

O parlamentar convidou os diretores da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa e da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, para usarem a Tribuna Livre da Câmara Municipal de Varginha e prestarem informações sobre o funcionamento do aterro sanitário e, principalmente, o tratamento de esgoto dos efluentes que estão sendo despejados no Rio Verde e as interrupções no fornecimento de água no município.

“O que temos visto aqui em Varginha é que resíduos de coloração escura e mau cheiro continuam sendo despejados no Rio Verde, em um local conhecido como Poço Preto, próximo à divisa com Elói Mendes e a situação tem preocupado toda a população e cidades vizinhas. Esperamos que com esse encontro, seja possível esclarecer a população sobre os diversos problemas apontados e assim, trabalharmos efetivamente para resolvê-los”, disse Marquinho da Cooperativa.

As imagens abaixo, do trecho conhecido como Poço Preto, foram feitas no dia 12 de fevereio pelo ambientalista Ronipeterson Landim Costa, que há muito tempo trabalha em prol da preservação do Rio Verde.

“Este trecho foi canalizado e o esgoto é despejado após a barragem da PCH Boa Vista II”, explica o ambientalista. Veja também um vídeo, compartilhado com o Varginha Digital, feito por Ronipeterson:

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome