Violência: PM registra dois sequestros relâmpagos em Varginha

Foto: ilustrativa

Os dois sequestros relâmpagos aconteceram em dias seguidos.

Dois sequestros relâmpagos aconteceram na mesma semana, em Varginha. O primeiro foi no dia 20, domingo, e o segundo no dia 21, segunda-feira.

De acordo com informações da Polícia Militar, a primeira vítima disse que estava dentro do carro, estacionado perto de uma lanchonete, no bairro Sion, esperando uma pizza, por volta das 20h15 do domingo, 21. Nesse momento ele foi abordado por quatro homens encapuzados, armados com um facão.

Eles mandaram a vítima ir para o banco de trás e levaram o carro para um loteamento no bairro Alto do Vale, próximo à Proluminas. Um dos bandidos que estava no banco de trás tinha uma arma e deu uma coronhada na vítima, pois queriam a senha do cartão.

Em seguida os bandidos colocaram a vítima no porta-malas e fugiram por uma estrada de terra. O ladrão que dirigia perdeu o controle do carro e tombou o veículo no meio da plantação de café.

Eles abandonaram a vítima com o carro e fugiram. O homem conseguiu escapar do porta-malas e chegar até uma empresa próxima, de onde acionou a PM.

Os bandidos levaram um cartão e a carteira com os documentos. Mais tarde a carteira foi localizada no meio do cafezal.

O segundo sequestro aconteceu na noite do dia 21 de outubro, segunda-feira. As vítimas, um homem e uma mulher, relataram que estavam dentro do carro, por volta das 20h, estacionado em frente a unidade da Copasa, no bairro Centenário. Neste momento foram abordadas por quatro homens encapuzados, armados com uma faca.

As vítimas foram obrigadas a irem para o banco de trás do carro. Os bandidos foram para o bairro Alto do Vale, onde seguiram por uma estrada de terra, entre o cafezal. As duas vítimas ficaram no cafezal com alguns bandidos, enquanto outros dois ladrões foram até a casa do homem, no bairro Centenário.

Eles roubaram uma TV, um vídeo game, pares de tênis e perfumes. Os bandidos voltaram para pegar os comparsas e abandonaram as vítimas, que sofreram agressões físicas, no cafezal. Fugiram com o carro em seguida.

O casal conseguiu chegar até a casa de parentes, no bairro Sion, para acionar a Polícia Militar.

Os crimes estão sendo investigados, mas pelo modus operanti a primeira linha de investigação é que nos dois casos foram os mesmos bandidos.

As vítimas dos dois crimes disseram que um dos ladrões é alto, magro e de pele clara. A PM segue rastreando os ladrões, quem tiver qualquer informação pode passar pelo telefone 190, a identidade fica em sigilo.

A Polícia Militar alerta a população para evitar ficar dentro do carro em locais escuros e de pouca movimentação.

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome