Cemig destina mais de R$ 10 milhões para projetos de eficiência energética

Entre os projetos de eficiência energética aprovados em chamada pública está a Universidade Federal de Lavras.

O convênio entre a Cemig e o Governo de Minas Gerais foi assinado, nesta terça-feira (24/4), e prevê a destinação R$ 10,7 milhões para os projetos selecionados na Chamada Pública de Eficiência Energética 2017.

Os 18 projetos aprovados em todo o estado serão realizados nos próximos 12 meses. Após a execução dessas iniciativas será possível ter uma economia de até 20% nas contas de energia.

Além da Universidade de Lavras – Ufla, serão contemplados outras universidades, hospitais, universidades, escolas e empresas de várias regiões do Estado (veja a lista completa abaixo). De acordo com Bernardo Alvarenga, os recursos vão permitir a modernização de instalações elétricas, iluminação e equipamentos, e ainda vão trazer diversos benefícios não apenas para os executores dos projetos, mas para todo o sistema elétrico brasileiro.

“O principal objetivo da chamada pública é tornar o processo decisório de escolha dos projetos e consumidores beneficiados pelo Programa Energia Inteligente mais transparente e democrático, promovendo maior participação da sociedade e valorizando as boas ideias. Através da chamada pública de projetos os nossos clientes têm oportunidade de modernizar suas instalações ou processos por meio do uso de novas tecnologias”, afirma.

A estimativa da Cemig é que a economia no consumo após a execução dos 18  projetos seja de 7.349  MWh por ano, o que equivale, em média, à energia utilizada por mais de 5,1 mil residências no mesmo período. Em sua maioria, os projetos contemplados preveem a substituição da iluminação e também a instalação de sistema de aquecimento de água.

A cerimônia de assinatura  de contratos com os representantes de empresas e instituições beneficiadas foi realizada na sede da companhia em Belo Horizonte, com a presença do presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, do diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago de Azevedo Camargo, do superintendente de Tecnologia, Inovação e Eficiência Energética, Carlos Renato França Maciel, e dos representantes da empresas e instituições selecionadas.

O diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago Azevedo Camargo, o coordenador de energia da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Joaquim Paulo da Silva, e o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga
O diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago Azevedo Camargo, a assistente jurídica do Hospital Risoleta Neves Renata Maressa e o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga
O presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, e o diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago Azevedo Camargo, assinam convênio de eficiência energética

Veja as 18 instituições que foram aprovadas:

 

Academia Trainner Fitness – Contagem
ASCOMCER – Associação Fem. de Prevenção e Combate ao Câncer – Juiz de Fora
Associação Evangélica Beneficente de Minas Gerais – Belo Horizonte
Clube Bom Pastor – Juiz de Fora
Correios – Belo Horizonte
Hospital da Baleia – Belo Horizonte
Hospital Risoleta Tolentino Neves – Belo Horizonte
Fundação Educacional Montes Claros – Montes Claros
Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus – Juiz de Fora
Hospital Mário Penna – Belo Horizonte
Hospital São Vicente de Paulo de Minas Gerais – Juiz de Fora
Hospital Vaz Monteiro de Assistência à Infância e à Maternidade – Juiz de Fora
Sociedade Educacional Uberabense (UNIUBE) – Unidade Centro – Uberaba
Sociedade Educacional Uberabense (UNIUBE) – Unidade Hospital – Uberaba
Teuto Esporte Clube – Betim
UFLA – Universidade Federal de Lavras – Lavras
UFV – Universidade Federal de Viçosa – Viçosa
UFSJ – Universidade Federal de São João Del-Rei – São João Del-Rei

Chamada Pública 2018

O edital para a Chamada Pública de Eficiência Energética 2018 deve ser publicado pela Cemig ainda no primeiro semestre.  Poderão participar todos os consumidores, cativos e livres, conectados ao sistema da Cemig Distribuição, que estejam em dia com suas obrigações legais junto à empresa.

As concessionárias e permissionárias de serviços públicos de distribuição de energia elétrica devem aplicar, anualmente, o montante de, no mínimo, 0,4% de sua Receita Operacional Líquida (ROL) em ações que tenham o objetivo de combater o desperdício de energia elétrica, o que consiste no Programa de Eficiência Energética das Empresas de Distribuição (PEE).

Mais informações sobre o Programa de Eficiência Energética podem ser obtidas no Portal Cemig.

Comente e Compartilhe.

Veja mais Notícias da Região.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome